Banner

Banner

quinta-feira, 12 de março de 2015

Mudou

Editorial JP, 12 de março

Não foram precisos muitos dias. O semblante político do Maranhão é outro. Já não são tantos os cravos e espinhas da incúria, do engodo e da manipulação. Sente-se, de fato, o cheiro de honestidade e transparência. O governo trabalha e age na área social num ritmo que o povo desconhecia e, contadas suas desventuras, (do povo) talvez até achasse que não era possível acontecer.
Mudou. Nesses pouco mais de 60 dias, a relação do governo com trabalhadores até então inevitavelmente espoliados é de confiança. Mais mil professores nas salas de aula e a garantia de um Piso Nacional de Salário pelo qual lutaram a vida inteira. Aumento para os professores contratados, seletivos garantindo vagas aos excedentes de concursos.
Mudou. A imagem de um governo sério e realmente preocupado com a população se constrói pelo caminho da inclusão social. O mutirão do desenvolvimento humano chega a municípios localizados abaixo da linha da pobreza como Fernando Falcão, Genipapo dos Vieira, Itaipava do Grajau. Terras sem escolas, sem médicos, carentes de água, de energia elétrica, carentes de tudo.
Mudou. Mais mil policiais nas ruas e a redução no mais apavorante índice de violência que o Maranhão já viveu. Mais 500 policiais e bombeiros na administração da segurança pública. Não há motins sucessivos, fugas e degolas na Penitenciária de Pedrinhas. Finalmente, a segurança pública mostra determinação em dar combate ao crime organizado e o índice de homicídios se reduz em São Luís. A diferença é geométrica. O outro governo chamava o Exército e a Força Nacional para ameaçar policiais em greve porque vilmente espoliados em seus direitos. O atual governador senta e debate a violência com a polícia.
Mudou. O fim das terceirizações em família, como nos casos do Detran e da Secretaria de Justiça, dá espaço para concursos, empregos e recoloca a administração dentro da lei. A economia é vultosa, o que permite mais investimentos na área social. Era dinheiro perdido, dinheiro que não voltava e que alimentava contas particulares bem longe do Maranhão.
Mudou. O Portal da Transparência não é mais o Portal da Indecência que mais servia para esconder que para divulgar os gastos governamentais. O governo passado atrapalhava a administração e seccionava recursos destinados a São Luís. No atual governo, a tão sonhada e esperada parceria, finalmente, aconteceu.
E, percebam: o governo do Maranhão saiu das páginas policiais do Brasil. Não há doleiros sendo caçados pela Polícia Federal em hotéis de luxo, não há precatórios voando pelas janelas, não há emissários da corrupção rondando a Casa Civil.

Mudou, está mudando. Tudo indica que, a partir de agora, viver no Maranhão vai ser bem melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário