Banner

Banner

terça-feira, 21 de abril de 2015

Márcio Jerry explica destino de verba suplementar de R$ 2 milhões na SEAP

 
Márcio Jerry, titular da SEAP
O secretário de Estado de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry explicou o crédito suplementar de R$ 2 milhões destinado a sua pasta. De acordo com ele, o remanejamento “deveu-se à ampliação das funções da SEAP, com as 31 Superintendências Regionais e a REBRAS (Secretaria de Representação Institucional no Distrito Federal)”.
“Distorcem de forma leviana procedimento normal de remanejamento orçamentário no governo para tentar caracterizar favorecimento pessoal”, afirmou Márcio Jerry, em resposta à confusão proposital criada por membros da oligarquia Sarney sobre o assunto.
O secretário explicou que o remanejamento é legal, “não implica previsão de novos recursos”, e garante que os recursos serão aplicados corretamente, diferente do que ocorria no governo anterior de Roseana Sarney.
Para Jerry, os remanescentes do grupo Sarney, inconformados com a derrota nas urnas e com as novas práticas e rumos de desenvolvimento do atual governo, distorcem de forma leviana procedimento normal de remanejamento orçamentário no governo para tentar caracterizar favorecimento pessoal.

“O Jornal de José Sarney, O Estado do Maranhão, sabe que não há irregularidade alguma no remanejamento orçamentário feito para secretaria de Articulação Política. A SEAP tem um calendário de atividades com municípios, União, entidades da sociedade. Ações essenciais à governança democrática”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário