Banner

Banner

terça-feira, 26 de maio de 2015

Troca de tiros entre PM e suspeitos pode ter causado chacina, diz Portela

Jefferson Portela, secretário de Segurança Pública
(Foto: Clarissa Carramilo/G1)
O secretário de Segurança Pública do Maranhão Jefferson Portela afirmou que os suspeitos de participarem de chacina que ocorreu Panaquatira, em São José de Ribamar, no fim da noite deste sábado (23) e terminou com a morte de cinco pessoas, entre elas um soldado da Policia Militar, são responsáveis pelos constantes assaltos na área e chegaram a se intitular “Piratas de Panaquatira”.
Segundo ele, informações preliminares dão conta de que a troca de tiros foi apenas entre o PM e os criminosos, mas, quando os assaltantes viram o líder do bando sendo abatido no confronto, decidiram executar as outras pessoas que estavam na festa. O secretário ainda falou sobre a reação do policial no momento do assalto.
“Nós devemos sempre, como agentes públicos de segurança, evitar o confronto onde a gente não possa ter uma garantia de supremacia da força estatal sobre a força marginal. A orientação é essa, a reação da gente deve ser pautada na possibilidade de domínio e não numa possibilidade de risco. Se for de risco, o certo é evitar, deixar para fazer a perseguição policial e captura depois. Não devemos expor nossa própria vida e nem a de terceiros em confronto que possa ser evitado”, defende o secretário da SSP.

Jefferson disse, ainda, que a polícia já estava realizando ações para tentar capturá-los. “Nós já vínhamos desenvolvendo ações na parte de cada praia devido à ação deles. Agora, em outro extremo, eles foram à Ponta Verde e cometeram essa barbárie, essa chacina. Estou me manifestando como cidadão  e como chefe do sistema de segurança do Maranhão: a liberdade deles põe em risco a vida de pessoas, o que devemos impedir”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário