Banner

Banner

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Família Lava Jato cada vez mais encrencada com a polícia

JM Cunha Santos


O depoimento do dono da UTC Constran, Ricardo Pessoa, que, mesmo ainda sob sigilo, vazou para a imprensa, complica cada vez mais a situação da ex-governadora Roseana Sarney com a polícia e com a Justiça Federal. As provas testemunhais, geralmente em delação premiada, têm conduzido à prisão a maioria dos implicados pela Operação Lava Jato, como o próprio Ricardo Pessoa.
Outro que se complica com esse depoimento é o senador e ex-ministro Edison Lobão acusado em duas ocasiões de receber propina do esquema da Petrobrás. Roseana, além de estar sendo investigada pela polícia e pela Justiça Federal, responde, no Maranhão, a tumultuado processo  envolvendo a mesma Constran, acusada por Alberto Youssef e por sua contadora de ser beneficiária, junto com outros membros de seu governo, de uma propina de R$ 6 milhões. Lobão foi envolvido também em crime de evasão de divisas por associação com a empresa Diamond Moutain, outra enormemente enrolada com a polícia.
Ricardo Pessoa é, entretanto, o delator mais perigoso. Além de ser considerado o chefe do cartel da corrupção na Petrobrás, ele jura que dispõe de anotações e gravações que comprometem políticos indiciados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. E como, segundo o jornal “O Globo”, já citou os nomes de Roseana e Lobão...
O senador Sarney, por seu lado, foi apontado, junto com Lobão, como o homem que indicou para os cargos os responsáveis por um rombo bilionário no Fundo Postalis, o fundo de aposentadoria dos funcionários dos Correios. Os depoimentos desses acusados ainda podem infernizar a vida do velho senador.
Fernando Sarney
Raposa velha, Sarney conseguiu calar durante muito tempo o jornal “O Estado de São Paulo” sobre a participação de outro filho, Fernando Sarney, nos crimes elencados pela Operação Boi Barrica, também da Polícia Federal, entre eles lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Conseguiu, também, anular o processo contra o filho no Superior Tribunal de Justiça. E Fernando Sarney é da CBF, é bom não esquecer.
Desta vez, porém, parece que não vai ser tão fácil. Nunca é demais lembrar que, ante provas menos factuais, políticos como Jose Dirceu e José Genoíno foram parar na cadeia.

E pode ser muito triste o futuro da família Lava Jato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário