Banner

Banner

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Maio tem redução de 13% no número de homicídios em relação a 2014, na região metropolitana


Nos cinco primeiros meses de 2015, o Sistema de Segurança Pública do Maranhão registrou diminuição do número de homicídios e de CVLIs. Foto: Karlos Geromy (Secom)
O número de homicídios dolosos no mês de maio deste ano sofreu uma queda de 13% quando comparado ao mesmo período de 2014. No ano passado foram 71; este ano, 62. Já os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) tiveram redução de 8%. Em maio de 2014, foram registrados 77. Este mês, as ocorrências foram 71. Os números foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje (1°) no Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão.Na ocasião, o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela,anunciou investimentos para a construção de duas bases para o Grupo Tático Aéreo (GTA) e a compra de mais duas aeronaves para atender a municípios do interior do estado.
Nos cinco primeiros meses de 2015, o Sistema de Segurança Pública do Maranhão registrou diminuiçãodo número de homicídios e de CVLIs, além de aumento daquantidade de armas apreendidas em todo o estado, se comparamos os dados com o mesmo período do ano passado.Entre janeiro e maio deste ano foram registrados 343 homicídios dolosos no Maranhão, o que demonstra queda em relação ao número registrado no ano passado, quando houve 373 crimes dessa mesma natureza. Com relação aos CVLIs, passou de 401 casos para 387. Nesse período foram apreendidas 554 armas.“Estamos atuando fortemente na apreensão de armas e no combate às drogas. Esses crimes acabam gerando outros que agora estão sendo reduzidos”, afirmou o secretário Jefferson Portela.
Os números demonstram uma curva decrescente da violência no Maranhão. “Ainda não éo ideal, mas é importante percebermos que os números estão caindo, principalmente no que diz respeito aos homicídios”, complementou o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves da Silva.
O trabalho integrado entre as polícias também tem surtido efeito positivo na manutenção da ordem pública no estado. “Todos nós somos policiais e temos que trabalhar juntos para reduzir os índices de violência no Maranhão”, reforçou o delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros.
Investimentos em Segurança Pública
Durante a coletiva de Imprensa, o secretário Jefferson Portela destacou investimentos que serão feitos na Segurança Pública, como a construção de duas bases do Grupo Tático Aéreo (GTA) e a compra de duas novas aeronaves para atender a municípios do interior do estado. A instalação das bases vai garantir mobilidade e resposta no atendimento de ocorrências.
Outro investimento será a modernização do sistema de localização e monitoramento de todas as viaturas da Região Metropolitana, compra de armamento. O secretário anunciou também a meta de, até 2018, dobrar o efetivo da Corporação.
179 anos da Polícia Militar do Maranhão
A solenidade foi concluída com o lançamento da logomarca alusiva aos 179° aniversário da Polícia Militar do Maranhão e a divulgação do calendário de eventos de aniversário da corporação, que contará com jogos, cerimônias religiosas (culto e missa), apresentações da banda de música, palestras, passeio ciclístico, competição de tiro esportivo, corrida rústica, caminhada e encerramento com solenidade militar.
Além do secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela; e do comandante-geral da PM, coronel Marco Antônio Alves da Silva; também participaram da coletiva, o secretário de Estado da Comunicação Social, Robson Paz; e o delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário