Banner

Banner

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Programas Educacionais no Maranhão terão investimento de R$500 milhões em dois anos



O governador do Maranhão Flávio Dino classificou a redução da maioridade penal como “uma visão equivocada sobre a Segurança Pública”. Durante evento em que anunciou escolas profissionalizantes para a juventude de 23 municípios do Maranhão, o governador afirmou ainda que não se pode definir as políticas públicas de um país com base em ódio e vingança. Para ele, os melhores caminhos são o eventual aprimoramento do Estatuto da Criança e do Adolescente e a intensificação de políticas educacionais.
Nas palavras do governador, o aumento do encarceramento não resolve as questões de segurança e pode ter como consequência o recrutamento de pessoas cada vez mais jovens para compor organizações criminosas, entrando no ciclo vicioso. “Como humanista, socialista, cristão e pai me pergunto se a saída é encarcerar crianças e adolescentes”, disse o governador durante o Seminário de Educação, Ciência e Tecnologia, nesta quinta-feira (18).
Flávio Dino defende que o caminho real de superação da violência é acreditar na juventude, na educação, cultura e no esporte. “Por isso que nós estamos fazendo o maior investimento em educação na história do Maranhão. São mais de R$ 500 milhões que serão investidos nesses dois primeiros anos para a implantação dos Institutos Estaduais do Maranhão, ampliação da Universidade Estadual, reformas das escolas e Programa Escola Digna”, afirmou o governador.
No Seminário em que anunciou o projeto pedagógico e arquitetônico dos 23 primeiros Institutos Estaduais do Maranhão, o governador destacou a importância do investimento em educação para todo o estado. “O Maranhão tem agora o maior programa de investimentos na educação. Acredito nos meus colegas educadores, na juventude maranhense e acredito na educação. Esse é o caminho para combater a violência, a criminalidade e as injustiças sociais”, disse Flávio.

O Maranhão não tinha nenhum Instituto Estadual voltado para a educação profissionalizante de jovens. O governador anunciou hoje (18) o projeto pedagógico e arquitetônico do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) que oferecerá novas oportunidades de capacitação, pesquisa, estudo e trabalho aos jovens maranhenses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário