Banner

Banner

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Criminoso de 15 anos será acusado como adulto por abuso e morte nos EUA

Felipe Moura Brasil



Enquanto no Brasil assassinos estupradores como os do caso no Piauí pegam no máximo três anos de internação com reavaliação semestral que pode libertá-los muito antes, e ainda matam a pancadas o delator do grupo na suposta “cela”, a promotoria de Santa Cruz, no litoral da Califórnia, no oeste dos Estados Unidos, informa que um criminoso de 15 anos será acusado como adulto por abusar sexualmente e matar uma menina de 8 anos em um condomínio da cidade no último domingo.
De acordo com a investigação, a garota Madyson Middletonm, que andava de patinete em área do conjunto de apartamentos onde morava, conhecia o acusado, Adrián Jerry González (sim: podemos dizer seu nome), que a enganou para levá-la ao local onde vivia com os pais e cometer os crimes.
Ela foi amarrada, agredida, estrangulada e abusada sexualmente antes de ser morta pelo monstro, que depois jogou o corpo em um container de reciclagem de lixo que ficava em uma garagem.
Por ser menor de idade, ele só não pode receber a pena de morte, mas até prisão perpétua, sim.

País sério é outra coisa.

2 comentários:

  1. É, as pessoas estão muito opressas, muito violentas. Parte do problema se origina no mundo dos jogos, dos filmes e programação das tvs que precisam também ser revistas. Internet com muita sujeira, e muitos ensinam os jovens a terem acesso ao obscuro mundo do mal. Mentes pertubadas.

    ResponderExcluir
  2. O BRASIL TÁ É LONGE, NOSSA JUSTIÇA E NOSSAS LEIS ULTRAPASSADAS E OS POLÍTICOS RETRÓGRADOS!!!

    ResponderExcluir