Banner

Banner

terça-feira, 21 de julho de 2015

Eliziane Gama pede ao MP maranhense para investigar canibalismo

Jornal Pequeno


A deputada Eliziane Gama (PPS-MA) entrará na próxima quarta-feira (22) com representação no Ministério Público do Maranhão para que o órgão investigue supostas práticas de canibalismo no interior do complexo penitenciário de Pedrinhas, que fica em São Luís.
A parlamentar é integrante da CPI do Sistema Carcerário, que funciona na Câmara dos Deputados.  A deputada já havia pedido formalmente para que o colegiado apurasse o caso.
Reportagens divulgadas na última sexta-feira pela Revista Época e no sábado pela Rádio CBN mostram que um servidor público teria denunciado que pelo menos dois casos de canibalismo ocorreram no interior do presídio. Dois detentos teriam sido mortos num “ritual macabro” e seus corpos comidos por integrantes de uma facção criminosa.
“As informações são gravíssimas e exigem que as autoridades busquem a completa elucidação destes fatos que chocam não só o Maranhão, mas todo o Brasil. Neste sentido, é que estamos buscando o ministério público para fazer uma varredura no atos e possíveis omissões da administração daquele sistema prisional durante estes últimos anos”, justificou Eliziane Gama.
A CPI do Sistema Carcerário deve incluir o canibalismo em Pedrinhas em seu relatório final que poderá ser votado na volta do recesso branco no Congresso Nacional.
Desaparecimento de detentos
Como deputada estadual, Eliziane Gama presidiu a Comissão de Direitos Humanos na Assembleia Legislativa do Maranhão e realizou diversas visitas às unidades prisionais, principalmente ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Há mais dois anos a deputada maranhense denunciou o desaparecimento do detento Ronalton Silva Rabelo de dentro do Presídio São Luís. Ela chegou a pedir uma investigação mais séria sobre o caso à Secretária de Segurança Pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário