Banner

Banner

domingo, 24 de janeiro de 2016

Artigo de Flávio Dino: Vamos falar sobre Segurança Pública



Quando assumimos o Governo do Maranhão há um ano, o cenário da Segurança Pública nos colocava como o Estado com o menor número de policiais por habitante do país, com um crescimento vertiginoso de homicídios que chegou a 330% e um absoluto caos no sistema penitenciário, revelado pelas dezenas de tragédias no Complexo de Pedrinhas. Hoje ainda temos muito a fazer, mas mudamos a atitude do sistema de segurança, aumentamos o número de policiais e de viaturas, compramos armamentos e temos índices muito melhores nas penitenciárias. Esse é o caminho que estamos trilhando e nele continuaremos.
Segurança é um assunto muito sério, que envolve a vida das pessoas e que não pode ser transformado em território para proselitismo político de baixo nível. É preciso debater com responsabilidade e, mais que isso, com o verdadeiro interesse de diminuir os índices de violência que cresceram ao longo das últimas décadas em nosso Estado.
Sempre tratamos o tema com a seriedade que ele merece. Sabendo que temos a menor relação entre policiais e habitantes, decidimos, desde o primeiro dia de Governo, convocar aprovados no concurso para a Polícia Militar para os últimos testes e treinamentos. De modo que chegamos ao início de 2016 com mais 1.500 policiais militares e civis efetivados, trabalhando para o combate a todas as modalidades de crimes. Em face de formalidades jurídicas e prazos legais, esse processo durou um ano, mas já foi completado com êxito e os resultados aí estão: uma polícia mais presente e próxima.
Destaco também que em 2015 iniciamos o reaparelhamento do Sistema de Segurança Pública e Penitenciário. Além de armamentos, esta semana entregamos 30 novas viaturas para que os policiais possam bem desenvolver seu trabalho. Nos próximos meses, serão 300 novas viaturas, de vários tipos, para complementar a frota atual e substituir aquelas que estavam sucateadas. Outra conquista de 2015 foi o investimento de R$ 8 milhões em modernização do sistema de comunicação entre as polícias, com aparelhos de rádio digitais para dar mais eficácia ao seu trabalho.
No primeiro ano de Governo, tivemos os primeiros resultados desses investimentos. As polícias aumentaram o combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas, culminando na prisão de grandes chefes de facções e aumento na apreensão de armas e drogas que circulavam pelo Maranhão. Pela primeira vez em décadas, invertemos a curva na ocorrência de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) – com redução de 8% – percentual superior à meta nacional, que é de redução de 5% ao ano. Também diminuímos a zero a quantidade de rebeliões em Pedrinhas, reduzindo em 76% os homicídios internos. Lamentável é que alguns não queiram enxergar isso, e se dediquem a tentar fomentar o caos em Pedrinhas, como havia no passado.

Em 2016, daremos novos passos na direção certa, qualificando os meios de combate ao crime, capacitando as forças policiais para o enfrentamento à violência, dando apoio infraestrutural, armamento e equipamentos mais modernos para superar o descontrole que herdamos na Segurança Pública. Sabemos que essa tarefa não é fácil e que não se muda uma situação complexa como a que herdamos da noite para o dia. Mas com seriedade, e investindo o dinheiro público onde a sociedade mais precisa, nós estamos enfrentando esse desafio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário