Banner

Banner

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Professor é assassinado em tentativa de assalto na cidade de Coroatá



O professor Leonel Pereira, 25 anos, foi assassinado na noite de quarta-feira (17) na cidade de Coroatá, a 238 km de São Luís, por volta das 22h30.
Pelas informações divulgadas pelo wathsapp, o professor estava em frente à casa da namorada, na Rua Yomar Trovão, no Tresidela, quando dois assaltantes se aproximaram e pediram a chave de uma moto Honda Bros, preta. Ele se recusou a entregar e foi baleado.
O disparo atingiu o professor na região do tórax, provocando morte instantânea. Quando a equipe do SAMU chegou ao local, o professor já estava morto.
O professor lecionava matemática no Complexo Educacional do Ensino Fundamental, no turno vespertino. Antes de ir para a casa da namorada, Leonel esteve conversando com lideranças do Sindicato dos Professores (SINPROEM) por volta de 19h.
Ele residia na Rua Gonçalves Dias, Centro, próximo da APAE, e era filho da professora Graça.

Logo após a ocorrência policiais militares iniciaram diligência para tentar localizar os assassinos.

Um comentário:

  1. enquanto não incluírem itens como : "prisão perpétua" ou "pena de morte", nas leis brasileiras, a tendência é acontecer mais e mais casos dessa natureza, onde os bandidos sabem que se forem presos, existem brechas nas leis que logo logo estão soltos novamente cometendo novos crimes, e quem realmente fica preso e enterrado são as vítimas. Afinal isso é Brasil, o país dos corruptos, dos ladrões de colarinho branco, onde a impunidade e a bandidagem andam soltos e não poupa ninguém. Lamentável, realmente lamentável.

    ResponderExcluir