Banner

Banner

quarta-feira, 16 de março de 2016

Bira do Pindaré transformou Secti em pasta estratégica para o desenvolvimento do Maranhão



O deputado estadual, Bira do Pindaré (PSB) reassumiu, na manhã desta terça-feira (15), o mandato para o qual foi reeleito nas últimas eleições. Em discurso positivo, o socialista prestou conta do trabalho desenvolvido por ele na Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), falou da volta para a casa legislativa, do respeito com seus eleitores e contou que foi convidado pela militância do PSB a ser candidato a prefeito de São Luís.
O governador Flávio Dino esclareceu, na tarde da última segunda-feira (14), quando Bira deixou o cargo, que o socialista sai por vontade e revelou que confiaria a ele qualquer pasta de seu governo. Para Dino, o deputado tem competência, responsabilidade e compromisso com o povo maranhense.
O reconhecimento do governador foi atribuído, segundo funcionários da Secti, a transformação da Secretaria em uma pasta estratégica para o desenvolvimento do Maranhão.  Em pouco mais de um ano, Bira do Pindaré mobilizou setores, fez parceiras e desenvolveu programas voltados para a popularização do conhecimento, da democratização ao ensino e do incentivo a pesquisa.
A implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) é apenas uma das muitas ações e projetos que foram tocados por Bira que envolveu o poder público, instituições, empresas parceiras, além da participação popular na formulação de programas e projetos.
O IEMA está divido em Unidades Plenas que integram todas as modalidades de educação profissional, com ensino médio integrado ao técnico em tempo integral e as Unidades Vocacionais, que terão cursos técnicos. As Unidades Vocacionais, segundo explicou Bira, estão focadas em determinados arranjos vocacionais, econômicos e culturais. “É o caso do Estaleiro Escola, que é voltado para a fabricação de embarcações, do cinema, voltado para área audiovisual e Praia Grande, voltado para Cultura e Turismo”, exemplificou.
Programas como o PreUNI, que com os Aulões do Enem beneficiou mais de 16 mil estudantes da capital e do interior do Estado, o Cidadão do Mundo, que vai levar 100 jovens estudantes ao exterior, em intercâmbio, com todas as despesas pagas pelo governo, também criados na gestão do secretário. São programas que possibilitaram aos maranhenses novas oportunidades. Somam-se a esses, os pontos de WiFi grátis, a Plataforma Negro Cosme, onde a população tem acesso a cursos online  gratuitos; Planetário, que leva conhecimento sobre astronomia a estudantes do interior; o CredCiência, que garantiu a professores crédito para compra de livros; cursos de Formação Inicial Continuada (FIC) em várias áreas e o FIC- Cinema, todos iniciativas inéditas da secretaria

Todos os projetos implementados pelo secretário e por sua equipe de trabalho estão alinhados as demais políticas do governo que têm como foco garantir, a todos os maranhenses, condições para se qualificar, além de desenvolver projetos importantes para seu crescimento profissional, que contribuam para a melhoria do Índice de Desenvolvimento Humano do Estado.

“Temos a alegria de deixar a secretaria na posição de fomentadora de ações e projetos que possam contribuir para o desenvolvimento do Estado. A Semana de Ciência e Tecnologia no Maranhão, de 2015, teve a participação de 65 mil pessoas, um record e uma demonstração de que andamos no caminho certo. Hoje temos mais pessoas interessadas em produzir ciência, tecnologia e inovação. Isso graças aos investimentos e o incentivo que estamos dando a projetos nessa área”, finalizou Bira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário