Banner

Banner

segunda-feira, 21 de março de 2016

Mais de 43 mil devem utilizar serviços de ferryboat na Semana Santa


Feriadão prolongado da Semana Santa se aproximando e quem pretende seguir viagem utilizando os serviços de ferryboat no Terminal da Ponta da Espera, pode antecipar a aquisição da passagem. Isso, porque, em períodos como estes a movimentação tende a dobrar. Para garantir tranquilidade e segurança ao usuário, o Governo do Maranhão, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB) e Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) reforçam as ações de rotina. O objetivo deste planejamento é melhorar ainda mais a qualidade da prestação do serviço, tendo como mote a regulamentação do setor.
A expectativa da administração portuária é que neste feriado aproximadamente 43 mil pessoas transitem pelo terminal, no embarque e desembarque. A Portaria Nº 044/2015, que disciplina a concessão do serviço, estabelece horários fixos de viagens para dias convencionais e atípicos. Diariamente são realizadas 12 viagens sentido Ponta da Espera-Cujupe e Cujupe-Ponta da Espera. Porém, em dias com maior demanda de passageiros, a exemplo dos feriados, são disponibilizadas viagens extras, com horários previamente estabelecidos. Somadas às do cronograma regular podem somar até 20 viagens.
Os passageiros podem adquirir suas passagens nos estandes das operadoras localizadas no Posto Bacanga, bairro Areinha. Ano passado, os terminais de ferry transportaram 40 mil passageiros. Desde 2015, MOB e Emap trabalham de forma conjunta no sentido de orientar o passageiro da compra antecipada de passagens. Essa medida tem diminuído, gradativamente, a formação de filas de espera no terminal. Outra ação é o trabalho de conscientizar o passageiro da compra antecipada da passagem a fim de evitar transtornos nos terminais de embarque.
Regulamentação

Dentre outros dispositivos, a Regulamentação Aquaviária lista deveres que devem ser cumpridos pelas empresas proprietárias das embarcações que oferecem o serviço da travessia entre o Terminal da Ponta da Espera e Terminal de Cujupe. De acordo com o regulamento, as empresas a garantirem o translado de todos os seus usuários até o destino proposto, com segurança e conforto. O não cumprimento dessas determinações implica em multas e até suspensão temporária, parcial ou total das atividades das operadoras. O Transporte Aquaviário é o primeiro modal regulamentado no estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário