Banner

Banner

sábado, 23 de abril de 2016

Governo vai contratar clínicas médicas para atender servidores do Estado


O Governo do Maranhão está disponibilizando R$ 12.473.023,88 para a saúde do servidor público estadual. Foi lançado nesta sexta-feira (22), por meio da Comissão Central Permanente de Licitação (CCL) e de interesse da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep), o edital de credenciamento objetivando a seleção e posterior contratação de empresas prestadoras de serviços na área da saúde para atender servidores ativos e inativos contribuintes do Fundo de Benefícios dos Servidores do Estado.
O edital foi assinado pelo presidente da Comissão Central, Odair José Neves, e estiveram presentes ainda o secretário-adjunto de Seguridade Social da Segep, Ivaldo Fortaleza; o relator do processo Gelvanny Trindade; e a integrante da comissão do credenciamento da área da saúde da Segep, Maria Gervis Frota. As empresas têm até 13 de maio para requerer a habilitação ao credenciamento junto ao setor de protocolo da CCL, localizada na Avenida Colares Moreira, Quadra 19, nº 09, bairro Calhau, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Pelo sistema de Credenciamento, pretende-se facilitar a assistência à saúde dos servidores, visto que reduzirá o deslocamento dos beneficiários até a Região Metropolitana, gerando otimização nas prestações de serviços, além de ampliar as opções de locais de atendimentos no Estado. “O lançamento deste edital visa reforçar o plano de ações do governo Flávio Dino que tem como um dos objetivo melhorar a qualidade de vida do servidor público estadual”, destacou o presidente da CCL, Odair José Neves.
Serviços e especialidades
Os serviços de assistência à saúde do servidor serão para consultas, exames complementares e procedimentos nas especialidades médicas de cardiologia, clínica médica, ginecologia, neurologia, oftalmologia, ortopedia, pediatria e psiquiatria, contemplando também os serviços de odontologia, fisioterapia e de análises clínicas e patológicas. Serão abrangidos 68 municípios abrangidos pelas macrorregionais de Imperatriz, Bacabal, Balsas, Caxias, Pinheiro e Timon.
Após o recebimento da documentação para habilitação, o credenciamento consistirá na fase de análise da documentação exigida conforme previsto no edital. A segunda fase se dará por meio de uma visita técnica, composta por membros da Segep e da CCL, a fim de avaliar as instalações físicas das empresas credenciadas.

O resultado será divulgado após as duas análises e estará previamente disponível na página da Comissão Central: www.ccl.ma.gov.br. A contratação dos habilitados será conforme a necessidade e conveniência administrativa do Funben, em até seis meses contados a partir do resultado de habilitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário