Banner

Banner

quinta-feira, 26 de maio de 2016

20 coisas que Sarney pode fazer com os 40 mil reais de indenização do Jornal Pequeno sem meter advogado no meio

Por JM Cunha Santos


1 – Mandar lavar as escadarias do castelo medieval em Portugal. Tá uma sujeira de dar dó.
2 – Derrubar o atual curador da Fundação da Memória Republicana e fazer um lance no próximo leilão do Convento das Mercês.
3 – Comprar DDT para contribuir com o extermínio ao aedes aegpity na Ilha de Curupu. Tá todo mundo infectado.
4 – Pagar os atrasados dos blogueiros da Mirante que estão trabalhando de chapéu nas mãos.
5 – Comprar chocolate belga para presentear Alberto Youssef durante as visitas.
6 – Pagar advogado para Delcídio do Amaral.
7 – Pagar curso de oratória para Andrea Murad e Edilazio Júnior.
8 – Contratar internautas para espalhar pânico em São Luís.
9 – Comprar de Edinho Lobão a TV Difusora que o Ratinho não quis.
10 – Comprar e ofertar rosas vermelhas, em sinal de afeto, para o juiz Sérgio Moro.
11 – Comprar bicicletas ergométricas para o Michel Temer. Com o tempo ele aprende a pedalar sem ser notado.
12 – Aplicar na confecção de bottons para a campanha de Eliziane Gama em 2016.
13 – Investir no Porto do Itaqui que só agora, depois de meio século, depois deles, está dando lucro.
14 - Guardar para financiamento da campanha de Roberto Rocha em 2018.
15 – Comprar gravadores japoneses ultramodernos, mais eficazes para o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.
16 – Abrir uma nova empresa de empréstimos consignados para Adriano Sarney.
17 – Pagar a retirada do nome Sarney dos prédios e instituições públicas do Maranhão em que ainda restam.
18 – Repor em circulação a edição de domingo do jornal O Estado do Maranhão.
19 – Chamar de volta ao batente o jornalista Ribamar Correia e o filho inepto de Waldir Maranhão.

20 – Comprar ações da Refinaria Premium I e mandar para o prelo seu último livro “Os filhos da Lava Jato”, com imagens de Roseana Sarney chorando na contracapa e o senador Edison Lobão com um tambor de óleo na cabeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário