Banner

Banner

domingo, 22 de maio de 2016

Está faltando droga em São Luís e esta pode ser a origem dos ataques a ônibus coletivos na capital

Por JM Cunha Santos


Está faltando droga em São Luís. As apreensões de grandes carregamentos pelas polícias civil e militar, que ocasionaram prejuízos de R$ 5 milhões ao narcotráfico, em virtude da integração de todas as polícias, inclusive a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal, Serviço de Inteligência e Polícia Interestadual (Polinter) secou o esquema de distribuição de drogas do crime organizado no Maranhão.
No último sábado, em ação conjunta, a PRF e a PF apreenderam 153 Kg de pasta base de cocaína em Santa Inês. E a Polícia Civil do Maranhão apreendeu, somente hoje, 40 Kg de drogas com o chefe de uma facção. O delegado Carlos Alessandro, da Superintendência de Repressão ao Narcotráfico, informou a apreensão de 510 Kg de entorpecentes e a prisão de 70 envolvidos nos últimos meses. Entre outros tipos de entorpecentes, a Polícia Civil apreendeu, com uma única quadrilha, 170 pinos de cocaína e a quantia de 400 mil reais. Com uma quadrilha interestadual desbaratada ainda este ano, foi apreendido 500 mil reais em drogas Sem contar apreensões menores na própria capital e de grandes quantidades que deveriam abastecer a região metropolitana de São Luís, no interior do Estado.
“Está faltando droga em São Luís. A crise econômica também atingiu o tráfico”, ouviu nossa reportagem. Só que, nesse caso, a crise está sendo causada pela intensa atuação da polícia do Maranhão no combate ao narcotráfico.

Essa situação deixa em desespero traficantes e dependentes e pode estar na origem dos incêndios a coletivos em São Luís.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário