Banner

Banner

terça-feira, 19 de julho de 2016

Ampliação do Serviço Travessia permite atendimento a pessoas com microcefalia




A partir de agora, pessoas com microcefalia também são beneficiadas por uma das maiores inovações da iniciativa pública que promove a inclusão social e cidadania. O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade – MOB, amplia o Serviço Travessia – Transporte Especial Gratuito para a Pessoa com Deficiência – e permite que microcéfalos utilizem o serviço de transporte. O cadastro pode ser realizado, a partir desta segunda-feira, 18, na MOB.
Seguindo o mesmo padrão de atendimento a cadeirantes, o transporte será realizado em veículo novo, confortável, climatizado e adaptado, dispondo de cadeirinhas específicas para o transporte de crianças, de acordo com as normas de segurança do Código de Trânsito Brasileiro, para toda a Região Metropolitana de São Luís. Além disso, o serviço terá capacidade para levar até duas crianças e seus acompanhantes em cada viagem. A roteirização permanece sendo feita por software para melhor aproveitamento de tempo.
Desde o início do Travessia, mais de 300 usuários cadeirantes foram beneficiados pelo serviço de transporte e, somente no mês de junho, cerca de 490 atendimentos foram realizados. Diferentes de cidades como São Paulo e Vitória, que oferecem o deslocamento do cadeirante para ter acesso apenas a serviços de saúde ou de forma paga, respectivamente, em São Luís o serviço gratuito integra o cadeirante, e agora portadores de microcefalia, aos serviços de saúde, educação, trabalho e lazer, funcionando inclusive aos fins de semana, das 8h às 20h, mediante agendamento prévio, com no mínimo 48 horas de antecedência, por meio da Central DISQUE-TRAVESSIA (0800 606 4655).
“A ampliação do Travessia foi a necessidade de um atendimento mais amplo. Hoje, estamos ampliando para a população portadora de microcefalia e a tendência é que cresça ainda mais. Vamos incorporar mais pessoas com dificuldade de locomoção e atender mais municípios. Essa demanda foi identificada pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, passada ao governador e o aditivo foi feito em tempo recorde. A ampliação será um sucesso, assim como é com os usuários cadeirantes, que o número de atendimentos cresce mês a mês”, destaca Artur Cabral, presidente da MOB.

Para utilizar o serviço, o usuário deve retirar a ficha de avaliação médica no site (http://www.mob.ma.gov.br/servicotravessia) ou sede da MOB, em seguida, o solicitante deve entregar a ficha de avaliação médica preenchida, assinada e carimbada pelo médico responsável pelo acompanhamento do candidato, juntamente com cópia da Carteira de Identidade, cópia do Cadastro de Pessoa Física e cópia do comprovante de residência na Central de Atendimento e Operação do Serviço Travessia, localizada na sede da MOB – Rua Chapadinha, n˚ 3, qd. 41, Edifício Caracas, 1˚ andar, Quintas do Calhau, próximo ao Shopping do Automóvel, das 8h às 17h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário