Banner

Banner

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Confissão inesperada revela destino de garoto sumido há 27 anos


No dia 22 de outubro de 1989, o garoto Jacob Erwin Wetterling, então com 11 anos, desapareceu quando andava de bicicleta na zona rural de Paynesville, no Estado americano Minnesota. Quase três décadas depois, o assassino confessou o crime e revelou onde enterrou o corpo de Jacob. Danny Heinrich, de 53 anos, que já estava preso por colecionar imagens pornografia infantil, confessou o crime nesta terça-feira.
A revelação, feita durante seu julgamento por posse e compartilhamento de imagens pornográficas de menores, chocou os promotores e o juiz presentes no tribunal. Heinrich confessou friamente ter sequestrado e matado o garoto. O desaparecimento de Jacob Wetterling causou comoção no Estado e provocou mudanças nas leis de registro de criminosos sexuais nos Estados Unidos. Testemunhas disseram que o pequeno Jacob foi ameaçado e conduzido por um homem mascarado e armado.
A confissão — De acordo com a BBC, a imprensa local descreveu a confissão de Heinrich como “estarrecedora”. Seu depoimento foi feito diante de um juiz e dos próprios pais de Jacob. Questionado pelo promotor de acusação se tinha alguma relação com o sequestro e assassinato do garoto há 27 anos, Heinrich disse que sim e contou detalhes do crime.

Jacob estava andando de bicicleta com o irmão e um amigo em uma estrada rural. Armado com um revólver e usando uma máscara, Heinrich ameaçou os garotos e conduziu Jacob para seu carro. “O que eu fiz de errado?”, perguntou Jacob, enquanto era levado pelo sequestrador. Os dois outros meninos correram. Heinrich relatou que abusou do garoto em sua casa e o matou por medo da polícia. O corpo de Jacob foi enterrado pelo próprio assassino na mesma região rural do Minnesota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário