Banner

Banner

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Operações ‘Natal Seguro’ e ‘Operação Réveillon’ garantirão segurança nas festas de fim de ano



As comemorações de fim de ano se aproximam e o planejamento para que a população se divirta com tranquilidade no período está garantido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA). Serão realizadas duas ações – ‘Natal Seguro’ e ‘Operação Réveillon’ 2016 – que contarão com o policiamento estratégico das equipes das polícias Militar e Civil. As operações têm parceria com órgãos municipais e estaduais da Cultura, Turismo e Trânsito. As ações iniciam no em dezembro e prosseguem até 2 de janeiro.
Na operação ‘Natal Seguro’ serão desenvolvidas ações específicas de policiamento ostensivo em bairros com grande atividade comercial como a Cohab, São Francisco, São Cristóvão, João Paulo e Centro. O trabalho vai ser intensificado, também, no centro comercial nos dias que antecedem as festas natalinas. “Na semana que antecede o Natal, a Rua Grande, principalmente, tem seu fluxo triplicado e merece uma atenção mais redobrada. Já estamos com o plano de distribuição do efetivo para que todas as áreas sejam atendidas”, afirmou o coronel Pedro Ribeiro, Comandante do Cpam I (Comando de Policiamento de Área Metropolitana).
O objetivo é promover a segurança para quem vai fazer as compras natalinas e se divertir na orla marítima nas festas de virada do ano, ressalta o chefe do Cpam I, da Polícia Militar, coronel Pedro Ribeiro. “Tivemos um grande êxito na cobertura das festas do ano passado e vamos repetir para que o cidadão possa desfrutar deste momento com seus familiares e amigos sem qualquer prejuízo”, garantiu o comandante.
Para o Ano Novo, a ‘Operação Reveillon’ vai concentrar todo o policiamento da área metropolitana na orla marítima da cidade, partindo da Praia da Guia até São José de Ribamar. Paralelamente, está mantido o policiamento de rua com as incursões nos bairros. O comandante do CPAM 1 destacou que na virada do ano, as praias são os pontos com maior concentração de pessoas e o trabalho é redobrado.
Equipes ficarão de prontidão na Avenida Litorânea, onde geralmente há programação cultural com shows artísticos. Serão montadas três barreiras de contenção na avenida para revistas a pessoas e veículos. O trabalho vai ser coordenado pelas equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que se concentra a partir da descida do parquinho cobrindo todas as entradas do circuito. “Só vai entrar no circuito quem passar pelas barreiras”, enfatizou Pedro Ribeiro.
“Temos conseguido garantir um festejo tranquilo para a população contendo as ocorrências. Ano passado, por exemplo, o trabalho da polícia foi muito elogiado pelo índice zero de ocorrências no circuito”, lembra Pedro Ribeiro. Os retiros religiosos também receberão as ações da Segurança. “Todo final de ano recebemos solicitação dos organizadores destes eventos e sempre prestamos apoio”, ressaltou o comandante do Cpam 1.
O planejamento para as operações de fim de ano iniciou há um mês com reunião de representantes da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e demais órgãos envolvidos. Na ocasião, cada órgão informou sua contribuição para o plano de medidas. “Estamos em constante contato com a Segurança para a elaboração deste cronograma de fim de ano e estamos construindo com a instituição o projeto para as festas de fim de ano para que tenhamos um período com muita diversão e segurança”, enfatizou o titular da Sectur, Diego Galdino. Como parte do trabalho parceiro foi realizada visita técnica nos espaços onde haverá eventos, como a Avenida Litorânea, Pracinha da Lagoa e demais localidades. Durante o período, as instituições permanecem reunindo para alinhar mais estratégias a serem desenvolvidas. 
Operação
Foram destacados mais de 800 policiais por dia, nas operações durante os eventos de fim de ano. Este efetivo a mais se soma às equipes de rotina que já atuam na contenção de casos na Região Metropolitana. O trabalho da Militar no período inclui barreiras policiais nas grandes avenidas e demais vias de grande fluxo; abordagens a pessoas, coletivos e demais veículos; e instalação de barreiras. O policiamento será reforçado ainda no terminal da Ponta da Espera e na Rodoviária, quando aumenta a movimentação de chegada e saída da capital; maior vigilância externa nas unidades do Sistema Penitenciário e da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac).
A Polícia Civil vai manter delegacias de plantão para o atendimento à comunidade, principalmente no Reveillon, quando a movimentação é mais intensa. O trabalho da Segurança será realizado com apoio das secretarias de Cultura do Estado (Sectur) e município (Secult); Secretarias municipais de Segurança com Cidadania (Semusc) e de Trânsito e Transportes (SMTT); Blitz Urbana; Vigilância Sanitária; Corpo de Bombeiros; e Cemar. A população também pode colaborar pelo 190, por meio do número no Whatsapp (98) 9.9163.4899 e pelo aplicativo ‘Byzu 2.0’, compatível com todos os sistemas operacionais.Os canais estão disponíveis 24 horas, todos os dias da semana. 
Orientação
O furto é o caso mais comum no período natalino. Com o aumento considerado do fluxo de pessoas nas áreas de comércio, os chamados ‘descuidistas’ ou batedores de carteiras, se aproveitam dos descuidos das pessoas para o ato. O centro comercial da Rua Grande é a área com o maior índice de casos. Já no Reveillón, ocorrências decorrentes do abuso de bebida alcoólica são os mais registrados, aponta o comandante Pedro Ribeiro.
Ele orienta que o cidadão tenha atenção redobrada com seus pertences na hora das compras e mantenha bolsas e carteiras na parte da frontal do corpo. “Muitas pessoas utilizam mochilas, bolsas e acessórios nas costas e são os alvos mais fáceis dos suspeitos. Com alguns cuidados, esses registros tendem a diminuir e assim dificulta a ação criminosa”, ressalta o coronel.

Outra dica do comandante é com referência ao Reveillon. Quem for se divertir fora da casa – seja na orla ou outro ambiente com grande movimentação de pessoas – que, se possível, vá de táxi para evitar congestionamentos. Indo de carro próprio, não estacionar em local muito escuro para evitar arrombamentos e roubo do veículo; e não ingerir bebida alcoólica ao dirigir. Também não é permitido portar garrafas de vidro no circuito das festas de fim de ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário