Banner

Banner

domingo, 22 de janeiro de 2017

Flávio Dino e Edivaldo Holanda Jr vistoriam obras nas mediações da Ponte Bandeira Tribuzzi



Obras de múltiplas dimensões sociais e econômicas, a urbanização da área localizada no entorno da Ponte da Bandeira Tribuzzi – que vai beneficiar as Vilas Gorete e Veleiros, além da Camboa e da Liberdade – receberam a visita do governador Flávio Dino e do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, na manhã deste sábado (21). Com obras em ritmo acelerado, o local abrigará uma praça com área de lazer para crianças, quiosques, quadra poliesportiva e outras benfeitorias.
O governador Flávio Dino havia feito vistoria em agosto do ano passado, quando a obra estava em fase de terraplanagem, drenagem e de construção de estruturas como a rede coletora de esgoto. Cinco meses depois e em fase final de construção, ele enfatizou os inúmeros benefícios que o complexo trará para a cidade de São Luís.

“Em primeiro lugar uma grande obra de saneamento porque nós tínhamos uma situação degradante para as famílias, de esgoto sem tratamento. Isso foi totalmente contornado, como nós estamos vendo. Há uma dimensão de urbanização, para inclusive valorizar os imóveis e as pessoas morarem melhor. E há uma dimensão atinente a espaço de lazer, de cultura e de atividade econômica”, pontuou.
Com investimento de R$ 5. 233.867,83 milhões, a urbanização do entorno da Ponte Bandeira Tribuzzi é parte das obras do PAC Rio Anil que foram retomadas pelo Governo do Maranhão e são executadas pela Secretaria de Estados das Cidades (Secid).
A área total que será melhorada é de 17. 487m². Serão construídos espaços como praça com áreas de lazer para crianças, academia ao ar livre para adultos e idosos, quiosques, quadra poliesportiva, pista para corrida e caminhada e ainda, um cais flutuante para o Porto da Camboa. Haverá, ainda, um estaleiro para os pescadores que utilizam o porto e um depósito para armazenagem de carvão dos comerciantes do local.



Para Edivaldo Holanda Júnior essa é mais uma importante obra que está sendo executada pelo Governo do Estado na capital maranhense. “Uma obra muito importante na região que atinge da Camboa a Santa Fé. Uma obra de urbanização que está transformando a vida das pessoas. Você sente no semblante das pessoas ao caminhar, ao conversar com cada morador da área”, ressaltou o prefeito.
Flávio Dino e Edivaldo Holanda Júnior vistoriaram as obras, conversaram com os moradores e ainda se divertiram no tradicional campinho de futebol que fica às margens da Ponte Bandeira Tribuzzi, e que foi totalmente reformado pelo Governo.
A jogadora de basquete, Iziane Castro, que tem um instituto no bairro da Liberdade elogiou a obra e disse que esta era uma reivindicação antiga dos moradores. “Acho que a gente precisa realmente dar condições melhores de vida para a população, propiciar o esporte e o lazer perto de casa e é isso que está acontecendo aqui. A gente trás toda esta comunidade da Vila Gorete, Camboa e Liberdade para uma área totalmente nova com todas as oportunidades, esportivas, inclusive, de criar atletas e propiciar o estilo de vida mais saudável para todos”, destacou.

A ambulante Cleana Desterro, moradora da Vila Gorete há quase 40 anos, disse que antes o lugar era perigoso, mas com a urbanização vai melhorar inclusive a segurança. “Espero melhorias de vida com essa obra, e que os moradores também se organizem”, falou.
A secretária de Estado de Cidades, Flávia Alexandrina, realçou que essa é uma obra que alcança vários objetivos, como o saneamento e melhoria habitacional. “Nós vamos fazer melhorias nessas vilas e o objetivo é gerar trabalho e renda. Além disso, projeto importante de esporte e lazer, quadra coberta poliesportiva e outras ações virão em função dessa urbanização. Obra física e ao lado dela um trabalho social para melhorar a vida das pessoas”.
Dimensão econômica
Dentro do projeto, um ancoradouro com pátio de concreto está sendo construído para potencializar os transportes de materiais comercializados, como carvão, madeira, embarcações e o pescado. Além disso, serão construídos 16 depósitos e um galpão para a estocagem de todo o material produzido. Um estaleiro será estruturado para proporcionar suporte técnico no conserto das embarcações.

“Teremos espaços para os pescadores que, tradicionalmente, já ocupavam essa área e vão continuar a ocupar. Nós vamos apenas dotar o local de uma infraestrutura adequada para que tudo isso funcione bem. De modo que é uma obra muito importante para a capital, e estou muito feliz de ver essa grande transformação feita aqui na área da Ponte Bandeira Tribuzzi, Vila Veleiros e Vila Gorete”, finalizou o governador Flávio Dino.


Leia também: Obra do Cais de São José de Ribamar será entregue no primeiro trimestre de 2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário