Banner

Banner

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Mais de 6 mil estudantes se inscrevem para seletivo de ingresso no Iema



Um verdadeiro sucesso! Define a procura dos estudantes pelo processo seletivo de alunos para ingresso no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). Durante o período de um mês, 6.587 estudantes maranhenses se inscreveram para participar do processo seletivo em uma das unidades plenas do Iema. Ao todo, 1.050 vagas foram destinadas aos cursos técnicos de ensino médio integral e integradas à educação profissionalizante das unidades plenas do Iema. As vagas contemplam as unidades de Axixá, Coroatá, São José de Ribamar e Timon, que serão entregues no início de 2017 pelo governador Flávio Dino, e São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim, já em funcionamento.
De acordo com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, a quantidade de jovens interessados no seletivo reflete a confiança agregada à instituição. “Agradecemos os inscritos no seletivo de alunos para ingresso no Iema, esse número é um indicador de confiança na instituição. O edital é a segunda etapa da implantação do Iema, consolida a oferta nas unidades plenas de São Luís, Bacabeira e Pindaré, ao mesmo tempo, amplia a oferta com as novas unidades plenas de Coroatá, Timon, São José de Ribamar e Axixá”, disse.
Entre os cursos que estão sendo ofertados aos alunos para o próximo ano, alguns são inéditos no Maranhão como os de técnico de agricultura orgânica, equipamentos biomédicos e informática biomédica. A escolha dos cursos é resultado de audiência pública realizada nos municípios que receberão o Instituto no próximo ano e que contou com a participação de mais de mil pessoas.
Os candidatos devem se atentar à divisão de vagas, 15% serão destinadas aos candidatos classificados em ampla concorrência por cursos. Essas vagas são destinadas para candidatos oriundos de escolas públicas, bem como de instituições privadas, comunitárias e filantrópicas. Aos egressos de escola pública serão disponibilizadas 80% por curso. Os candidatos inscritos para vagas destinadas aos egressos de escola pública deverão ter concluído o ensino fundamental em escola pública. Também serão destinadas 5% das vagas a pessoas com deficiência.
A meta do governo é entregar até 2018 um total de 23 unidades plenas, garantido assim, a estudantes de todas as regiões do estado oportunidade de cursar o ensino médio e, ao mesmo tempo, adquirir uma formação técnico-profissionalizante em uma escola de tempo integral, que é o modelo de educação implantado no Iema.

O resultado do processo seletivo deverá ser divulgado no site da Secti no dia 11 de janeiro. Os candidatos classificados para além do número de vagas serão considerados como excedentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário