Banner

Banner

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Acusado de desvios milionários, Filuca organiza ato para lançar Sarney Filho ao Senado


Começa mal a pré-candidatura do ministro Sarney Filho (PV) ao Senado. O jornal da família Sarney anunciou hoje reunião de políticos ligados ao grupo para “intimá-lo” a lançar-se candidato. Um detalhe chama atenção: o evento é organizado pelo ex-prefeito Filuca Mendes.
Filuca é um notório oligarca interiorano, que foi derrotado na tentativa de reeleição à Prefeitura de Pinheiro. Não bastasse a reprovação nas urnas, o coordenador da pré-campanha de Sarney Filho é acusado de desviar mais de R$ 2 milhões de convênio realizado no governo Roseana Sarney, cujo objetivo era o desenvolvimento industrial de Pinheiro e entorno.
Auditoria da Secretaria de Estado de Transparência e Controle revelou que o prefeito Filuca Mendes, com a conivência do ex-secretário de Indústria e Comércio do governo Roseana, Maurício Macedo, desviou cerca de 70% dos R$ 3 milhões.
Outra auditoria feita pela Controladoria Geral do Estado (CGE) na Secretaria Estadual de Cidades (Secid) em 2010, ainda no governo da irmã de Sarney, apontou irregularidades na pasta, então sob o comando do ex-prefeito de Pinheiro, envolvendo R$ 92,2 milhões em recursos estaduais e federais.

É com esta expertise que Filuca Mendes apresentará ao Maranhão a pré-candidatura de Sarney Filho. Um mal começo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário