Banner

Banner

domingo, 11 de junho de 2017

Artigo de Flávio Dino: São João de Todos



Somos seres produtores de cultura. Coletivamente, produzimos bens materiais e bens imateriais. Ambos são imprescindíveis para que vivamos e definem nossa identidade. No caso dos bens imateriais, trata-se de saberes, sabores, memórias, festas. Entre os traços identitários do povo do Maranhão está o amor às festas juninas. Muitos passam o ano todo esperando o mês de junho. São milhares de pessoas envolvidas em cada bairro da Ilha e nas cidades do interior. Pessoas que contam os dias para colocar o colorido de seu trabalho e o seu sotaque nas ruas.
O governo tem o papel de fomentar e apoiar esse momento tão especial. E o fazemos com muito gosto. Desde criança, participo das festas de junho. Sempre frequentei arraiais, onde já passei muitas noites alegres. Ou seja, para mim, participar do São João, não é uma atitude midiática como no passado, em que “nobres” temporariamente fingiam ser “pessoas normais”.
Sou um militante da luta pelo máximo de igualdade possível, por isso no nosso São João não há camarotes e festanças privadas pagas com dinheiro público. Desde 2015, fazemos um São João de Todos. De todos os gostos e para todos os públicos. Apoiando artistas e grupos, de forma equilibrada e transparente. E atraindo turistas para nossas cidades. Estamos apoiando mais de 300 grupos culturais, em dezenas de cidades, de todas as regiões do nosso imenso território, inclusive com ajuda das emendas parlamentares.
Na capital, estaremos com quatro Arraiais: Ipem, Praça Maria Aragão, Praia Grande e Vila Palmeira. Também vamos apoiar outros arraiais da Prefeitura de São Luís e de entidades sociais. Além das atrações culturais, o turista que vier conhecer o São João mais original do Brasil vai encontrar totens em que poderá interagir em vídeo com nossos outros atrativos turísticos, como os Lençóis Maranhenses. Essa é uma das ações de promoção que estamos fazendo, para que os turistas conheçam todas as belezas de nosso estado. Soma-se à campanha de divulgação realizada nas cidades com conexão aérea com nossa capital, como Brasília e São Paulo, além das maiores cidades de estados limítrofes, como Teresina, Palmas, Belém e Marabá.
São ações com o objetivo de apoiar nossas mais autênticas manifestações culturais e também apoiar a atividade turística, ativando sua vasta e democrática cadeia produtiva, que vai da rede hoteleira aos pequenos empreendedores individuais, passando pelas agências de receptivo e alimentação fora do lar.

As festas começam nesta semana. Que todos aproveitem com alegria e paz. Conto com a participação e a colaboração de todos, por exemplo ajudando a conservar os espaços limpos e nos protegendo a todos, evitando combinar bebida alcoólica e a direção de veículos. Tenho certeza de que teremos, mais uma vez, belas e inesquecíveis noites estreladas. Viva o Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário