Banner

Banner

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Ex-prefeito, filho e ex-contador de Cachoeira Grande são presos



O ex-prefeito de Cachoeira Grande, Francivaldo Vasconcelos Sousa, o filho dele, Alexandre Leda Sousa, e o ex-contador do município Henrique Silva dos Santos foram presos na manhã desta sexta-feira (23).
A prisão foi determinada pela juíza Adriana da Silva Chaves, titular da comarca de Morros.
O sobrinho do ex-prefeito, Gustavo Vasconcelos, que também teve a prisão decretada, não foi encontrado.
A lista de crimes dos quais os detidos são acusados é grande, entre eles: contratação de empresa de fachada para conclusão do Hospital Municipal de Cachoeira Grande; Convênio da Secretaria Estadual de Saúde e contratações decorrentes do mesmo para aquisição de equipamentos que não teriam sido fornecidos; reforma de prédio onde funciona o CRAS, constante de relatório de gestão do Fundo Municipal de Assistência Social de 2013 e que não teria sido realizada.
As determinações da juíza atendem à Representação Ministério Público e Polícia Civil pela busca e apreensão, além de prisão temporária, em razão de investigação criminal em tramitação no 2º Departamento de Combate à Corrupção – DECCOR.
Na representação, os autores afirmam que o procedimento foi instaurado a partir de denúncia dos professores do município, na qual foram apontadas diversas irregularidades praticadas pelo ex-gestor.

Para o MPMA as investigações apontam para uma possível existência de associação criminosa estável e permanente, formada por pessoas ligadas a empresas investigadas e membros da cúpula da Administração Municipal, com participação direta do ex-prefeito e do sobrinho do mesmo, com o objetivo de desviar verbas durante a gestão (2009 a 2016).

Nenhum comentário:

Postar um comentário