Banner

Banner

sexta-feira, 2 de junho de 2017

População cerca guincho e impede Uber de ser recolhido em São Luís


Um fato inusitado aconteceu no final da noite de ontem (01), em frente ao Shopping Rio Anil, em São Luís. Um veículo do Uber estava sendo recolhido pelo guincho quando a população em frente ao local tentou impedir o ato e cercou o veículo das autoridades. Taxistas e população estavam exaltados até que, após muito bate boca, o agente de trânsito não rebocou e nem apreendeu o veículo.
Ainda na semana passada foi revelado pelos motoristas do Uber à reportagem do Página 2, que os taxistas estariam chamando o Uber até o Rio Anil Shopping fingindo serem clientes para então serem apreendidos. A atitude que gerou revolta nos populares nas redes sociais, o que culminou no ato de defesa corporal.
É o que confirma o presidente da Comissão dos Motoristas Privados Parceiros de Aplicativos de São Luís (que, por motivos de segurança, preferiu não se identificar nesta reportagem). Ele informou à reportagem que o mesmo ocorreu na noite de ontem. “Um parceiro nosso foi solicitado para o Rio Anil shopping e chegando lá um taxista informou ao agente de trânsito que ele era Uber. O agente então solicitou a ele os documentos informou que o veículo estava sendo apreendido, mas a população viu a situação e interviu pelo motorista”, disse.
Ao todo, o aplicativo já tem 900 motoristas cadastrados, de acordo com a Comissão. Ainda segundo os membros, até o momento, três veículos do Uber já foram guinchados até o final de maio deste ano, sendo um em frente ao Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado, o segundo também foi na entrada do Shopping Rio Anil, já o terceiro foi guinchado em frente ao Shopping da Ilha.

2 comentários:

  1. Parabéns pra esse povo corajoso e guerreiro é isso ai, tolerância 0 pra esses injustos, temos que partir é pra cima mesmo, foi quebrado o monopólio dos taxistas que exploravam a população já tão esculachada, cobravam caríssimo, e os moto taxistas não ficam atrás, cobravam caro por qualquer corrida mesmo a curta distância.

    ResponderExcluir
  2. É isso ai, o povo cansou de ser extorquido!

    ResponderExcluir