Banner

Banner

quinta-feira, 15 de junho de 2017

São João de Todos tem esquema de segurança com 1.200 policiais militares


Um esquema especial foi montado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) para atuar durante os dias de programação junina em São Luís. A exemplo do que ocorreu no período de pré-São João, a SSP determinou que o policiamento ostensivo da Polícia Militar, as investigações feitas pela Polícia Civil e o trabalho de prevenção e salvamento do Corpo de Bombeiros Militar continuem durante todo o período oficial do São João de Todos, que vai até o dia 2 de julho.
De acordo com o comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana, o CPAM I, coronel Pedro Ribeiro, aproximadamente 1.200 policiais militares estão destacados para garantir a segurança nos arraiais da Região Metropolitana de São Luís, tanto da programação oficial, quanto das alternativas.
“No mês de junho, durante as festividades, temos o reforço dos PMs do quadro administrativo e o incremento de toda a corporação na ativa, já que nesse período os oficiais não tiram férias. Isso tudo para manter os arraiais e suas imediações em segurança total durante os dias de programação”, explica Pedro Ribeiro.
Policiamento em viaturas, motocicletas, cavalaria e a pé cumprem as ações de abordagem, revista, fiscalização e monitoramento, de acordo com o comandante. “São, pelo menos, 30 policiais a pé em cada arraial do circuito oficial. Esses PMs são resguardados pelo apoio dos outros tipos de policiamento que estão divididos por toda São Luís. A intenção é que as pessoas estejam seguras desde a hora de chegada até a saída dos pontos de festa”, completa.
Lei Seca
O cumprimento das normas da Lei Seca vai ser fiscalizado pelas ações da Companhia de Polícia Militar Rodoviária Independente (CPRV Ind), que fará abordagens em veículos e teste de alcoometria (bafômetro) com apoio do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran).
Pontos turísticos
De responsabilidade da Companhia de Policiamento Turístico Independente (CPTur Ind), a segurança nas áreas do Centro Histórico conta com um efetivo de 60 policiais e com o apoio das equipes do Batalhão Tiradentes e do Batalhão de Choque.
O foco da polícia na região é ir além do policiamento, recebendo e orientando turistas que estejam visitando São Luís durante o período junino. “A CPtur tem o objetivo de garantir a segurança, mas vai além quando tem a necessidade de orientar e recepcionar turistas em visita ao Centro Histórico. Estaremos preparados com o efetivo total da Companhia fazendo rondas e abordagens a pé e com o auxílio de motos e viaturas”, explica o comandante da Companhia, o tenente-coronel José Roberto Moreira.
A CPtur é responsável por orientar, fiscalizar e operar ações educativas durante os dias de programação no Centro Histórico, já que conta com um efetivo de policiais que têm domínio de línguas estrangeiras, amplo conhecimento das imediações e sobre as potencialidades turísticas do centro da capital.
Maranhenses e turistas também contam com um posto fixo da Polícia Militar funcionando 24 horas por dia na Praça Nauro Machado durante todo o período junino.
União de forças
As unidades especializadas da Polícia Militar, como as equipes do Centro Tático Aéreo (CTA), o Batalhão de Choque e a Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), auxiliaram no policiamento realizado durante todos os dias de programação.

O reforço se soma com a parceria de equipes da Guarda Municipal, do Corpo de Bombeiros, da Blitz Urbana, das secretarias estaduais e municipais de Saúde, Trânsito e Transportes, Turismo, Cultura e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Nenhum comentário:

Postar um comentário