Banner

Banner

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Suspeito de participar da morte de jovem em Timon é preso



Foi preso neste domingo (18), um dos suspeitos de participar da morte do administrador Marco Antônio de Oliveira. Segundo o delegado Antônio valente, o suspeito José de Jesus roubou Marco e depois, com mais duas pessoas, executou a vítima. O assassinato ocorreu porque Marco conhecia um dos suspeitos.
A morte do administrador ocorreu no mesmo dia em que ele desapareceu, no dia 04 de junho deste ano. O corpo só foi encontrado oito dias depois ao lado do carro da vítima, que estava carbonizado. A família chegou a oferecer recompensa em busca por notícias do rapaz.


“A vítima estava passando pela BR-316 quando avistou os três, e como um dele era conhecido resolveu parar e conversar com ele, e o convidou para irem a um bar. O conhecido acabou levando os dois amigos, que acabaram praticando o assalto. Lá resolveram ceifar a vítima porque ele conhecia um dos suspeitos”, disse o delegado.
Valente disse ainda que José de Jesus confessou o crime e que roubou o anel de formatura e R$ 50 de Marcos. “Nós acreditamos que ele era o conhecido da vítima, mas ele diz que foi um dos outros dois que ainda estão foragidos. Vamos continuar com as investigações”, disse o delegado.
Como atearam fogo no carro, as investigações seguem para identificar se o mesmo bando que roubou e matou o administrador também queimou o carro. Os pneus dos veículos foram levados.

A quebra do sigilo telefônico da vítima deverá ser pedida para ajudar nas investigações. Com informações do CidadeVerde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário