Banner

Banner

segunda-feira, 3 de julho de 2017

O governador do São João



Encerrada neste domingo (2), a temporada junina de 2017 vai deixar saudades para maranhenses e turistas. Foram mais de 500 atrações em 19 dias de festança. Nos arraiais do circuito oficial do Governo do Estado e nos festejos tradicionais o evento reuniu multidões e o melhor da cultura popular e folclórica maranhense. Nesse São João, outro detalhe também acabou chamando a atenção dos brincantes: a presença constante do governador Flávio Dino nas festas juninas. Com matraca na mão, o governador mais uma vez quebrou protocolos e brincou do primeiro ao último dia de São João, sempre no meio do povo. No Pirilampo, Barrica, Santa Fe, Maracanã, Nina Rodrigues, Brilho da Ilha, Novilho Branco... Lá estava ele. 
O governador repetiu nesse São João o que fez no carnaval deste ano, se misturando à multidão de foliões para brincar no chão, junto com a população. 
Apesar de manter no mês de junho uma extensa agenda de inaugurações e outros compromissos governamentais por todo o estado, Flávio Dino não deixou de reservar tempo para se divertir durante toda a festa aos santos juninos. 
Como já é habitual, por meio de sua conta no Twitter, ele registrou alguns dos belos momentos desse São João.  Assim foi no sábado (1º), penúltimo dia de festa. 
“Ontem me diverti muito no Arraial Santo Antônio. Festas juninas foram um sucesso. Parabéns a todos os brincantes”, disse o governador.
Apesar de ser um momento de festa, Flávio Dino reconhece a importância cultural e econômica dos festejos juninos para o Maranhão. No artigo “Cultura, turismo e renda”, veiculado no domingo (2), o governador fez questão de salientar a dimensão econômica do São João. 
No texto, Dino fala da “aposta feita pela gestão estadual ao organizar o São João de Todos 2017” como alternativa econômica para ajudar o Maranhão a superar a atual crise nacional. Segundo o governador, foram gerados milhares de postos de trabalho durante todo o período junino, que possibilitaram a movimentação de pelo menos R$ 60 milhões nos arraiais em todo o estado. 
“Transformar essa paixão em oportunidades de negócio para milhares de pessoas é um dos desafios a que me dispus à frente do Governo. Fizemos um investimento de R$ 18 milhões na realização dos arraiais em 80 cidades, via investimento direto, emendas parlamentares ou por meio de lei de incentivo”, ressaltou Dino. 
Utilizando uma nova marca promocional, “Maranhão, Terra de Encantos”, o governo Dino fez ainda uma campanha para atração de turistas com chamadas em sites, revistas de alcance nacional e outdoors espalhados em cidades-pólo de emissão de turistas para o Maranhão, como Belém, Teresina e Palmas. 
O artigo do governador revela ainda que, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), a ocupação hoteleira de São Luís ficou em 62,36% durante o mês de junho. Foi o melhor resultado dos últimos seis anos, ultrapassando inclusive momentos de bonança econômica.
Durante as festas Dino era abraçado pela população e convidado para se divertir junto com os brincantes e no meio dos “batalhões” de bumba-meu-boi. 
O comportamento simples de Flávio Dino, que fez questão de participar do São João como qualquer outro brincante, foi bem recebido pela população e repercutiu na Internet. 
“Eu moro ha 34 anos em São Luís e nunca vi esta cena. O governador junto com o povo nas brincadeiras”, disse o internauta João Coelho. 
Em uma rede social, a internauta Ana Maria Azevedo também parabenizou a postura de Flávio Dino. “Muito bem. É assim que político deve fazer. Participar com a comunidade”, ressaltou. 
"Precisávamos de um governador assim do povão. Parabéns, exemplo de humildade!", elogiou o internauta Jean Carlos.
Flávio Dino, que vem fazendo história ao mudar o modelo de administração pública no Maranhão, também vem se tornando um exemplo de mudança de postura do gestor maranhense, se mostrando próximo da população e atento aos valores da identidade cultural do estado. 

Não é improvável que no futuro, além de ser lembrado como o governador da mudança, que pôs fim a uma série de privilégios que antes eram praticados pelos governos estaduais durante quase meio século de domínio da oligarquia Sarney no estado, Flávio Dino entre para a história e na memória coletiva dos maranhenses como o governador do São João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário