Banner

Banner

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Polícia Civil prende suspeitos de instalar “tribunal do crime” na região Itaqui-Bacanga



Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17), a Polícia Civil, por meio das seccionais Sul e Leste, 5º Distrito Policial, Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), deu cumprimento a mandados de prisão preventiva contra quatro suspeitos de integrarem a facção criminosa “Bonde dos 40” que teria instalado uma espécie de “conselho disciplinar” ou “tribunal do crime”, na região Itaqui-Bacanga, para punir criminosos que pratiquem assaltos em bairros da área. Os presos foram identificados como Leilson da Silva, o “Zik”; Inaldo Sampaio de Sousa Júnior, o “Doca”; João Nilson Oliveira Costa, o “Barnabé”; e João Francisco Oliveira Costa, o “Xaropinho”.
Conforme as investigações, os presos recebiam ordens de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas para executarem punições paralelas ao poder das forças de segurança, efetuando disparos contra membros da própria facção criminosa e outros quem julgassem culpados por algum delito cometido na região Itaqui-Bacanga. As ordens, ainda de acordo com os levantamentos, eram dadas por “Zik”, que está recolhido em uma unidade de Pedrinhas.
Os tiros, geralmente, eram efetuados contras as pernas e mãos dos “julgados”. Tudo era registrado em vídeos e exibidos em redes sociais.

Os presos serão apresentados à imprensa, na tarde desta quinta-feira, em entrevista coletiva na Secretaria de Segurança Pública (SSP), no Outeiro da Cruz. Em seguida, todos serão levados ao Complexo de Pedrinhas, onde ficarão à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário