Cidadão Limpeza

Cidadão Limpeza

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Deputado Cabo Campos condena exposição de genitálias e conúbios sexuais na arte moderna

JM Cunha Santos


Saudando a liberdade de expressão, o deputado Cabo Campos condenou a exposição de pênis e vaginas em obras de arte mostradas em Salvador (Bahia), assim como a degradação da hóstia consagrada da Igreja Católica, exposta em confronto com uma genitália durante polêmica Mostra que não foi aceita em diversas cidades, como Rio de Janeiro.
Para o deputado Cabo Campos “Não podemos chamar de arte o que ameaça nossa paz no futuro e não vale arriscar a infância em nome da arte moderna ou exibir o sagrado de maneira profana em nome de uma nova maneira de pensar. O homem nu exibido no Museu de Arte de São Paulo, na opinião do parlamentar, não é arte, é uma porcaria, ainda mais com uma criança tocando o corpo da estátua viva.

Para o deputado Cabo Campos, a exposição representa uma falta de respeito com a família tradicional e faz pouco caso da religião alheia. Ele entende que os expositores fazem uso de grande volume de recursos financeiros para garantir a continuidade da exposição mundo afora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário