Cidadão Limpeza

Cidadão Limpeza

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Deputado critica vinculação do crime de Lúcio André Genésio ao nome do prefeito Luciano Genésio, de Pinheiro

JM Cunha Santos


O deputado Raimundo Cutrim ocupou a tribuna da Assembleia para criticar a vinculação que segundo ele vem sendo feita pela imprensa ao nome do prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, por conta do crime cometido pelo irmão Lúcio André Genésio, que espancou barbaramente e tentou atropelar a ex-esposa logo após uma confraternização na Lagoa da Jansen.
Conforme Raimundo Cutrim, cada um é responsável por seus atos. “Eles são irmãos, mas que culpa tem Luciano Genésio pelo ato que o outro cometeu”, indagou o parlamentar. Cutrim lembrou que pagou um preço muito alto por esse tipo de vinculação no ano de 2008 e disse que a imprensa deve ter cuidado, que “Nós não podemos responsabilizar terceiros, pai, mãe, irmãos, parentes, pelos atos de quem quer que seja.
Raimundo Cutrim se referiu também ao fato de que os delegados de polícia, desde a semana passada, já não podem aplicar medidas protetivas, o que ficou a cargo somente do Poder Judiciário.

“O crime não pode passar da pessoa aos familiares”, afirmou Raimundo Cutrim Mas a principal crítica da imprensa diz respeito à fiança arbitrada pelo delegado, no valor de pouco mais de R$ 4 mil, diante de um crime flagrante, violento, que poderia ter resultado em mais um feminicídio no Maranhão, não fosse a intervenção de terceiros, segundo todas as notícias divulgadas no Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário