Banner

Banner

terça-feira, 5 de maio de 2015

Deputados lamentam morte de presidente da Câmara de Santa Luzia

Da Agência Assembleia


Os deputados Rigo Teles (PV), Stênio Resende (PRTB), Francisca Primo (PT), Júnior Verde (PRB) e Fernando Furtado (PC do B) ocuparam a tribuna da Assembleia nesta segunda-feira (4), para lamentar a morte do presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia, Cícero Ferreira da Silva, do (PC do B), o “Vavá”.
O vereador Cícero Silva, o “Vavá”, foi assassinado covardemente, no domingo, na porta de casa, no povoado Faísa de Buriticupu. O delegado Regional de Santa Inês, Walter Costa, informou que o vereador estava em casa quando foi morto, com cinco tiros, por um dos dois homens que ocupavam uma motocicleta.
Rigo Teles enviou mensagens de condolências aos familiares do vereador “Vavá”, especialmente à viúva, a senhora Dineide Lima Chaves Silva, que ficou com os filhos para criar sozinha. Rigo informou que a morte do vereador abalou a sociedade maranhense, especialmente a população de Buriticupu e do povoado Faísa.

CRIME DE PISTOLAGEM

O deputado Stênio Resende lamentou que, infelizmente, perdeu um companheiro vítima de crime de pistolagem, cuja prática ainda não foi dizimada no Maranhão. Segundo ele, a cidade de Buriticupu está parada desde ontem, em função do assassinato frio e bárbaro do presidente da Câmara, nosso querido vereador “Vavá”.
Já a deputada Francisca Primo (PT) lamentou a morte do vereador e presidente da Câmara de Santa Luzia, o “Vavá”, que na opinião dela era uma pessoa humilde. “Para mim foi uma surpresa a morte do vereador, porque ele era uma pessoa que se preocupava muito com as comunidades de Buriticupu”, afirmou.

Da mesma opinião compartilham os deputados Júnior Verde (PRB) e Fernando Furtado (PC do B), que emitiram nota de pesar na Assembleia, lamentando o falecimento do vereador “Vavá”, um representante popular que infelizmente foi vítima da forma covarde de crimes de pistolagem que ainda reinam no Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário