Banner

Banner

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Acidente com caminhão deixa dois mortos na BR-230 no Maranhão






Uma colisão envolvendo um caminhão baú e uma caminhonete com placa de Serrolândia-BA deixou ao menos duas pessoas mortas na manhã desta quarta-feira (20). O acidente aconteceu na BR-230, entre Balsas e São Raimundo das Mangabeiras.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão tombou e acabou esmagando a caminhonete. As duas pessoas que estavam presas nas ferragens acabaram falecendo. O motorista do caminhão, que não quis ser identificado, relatou que a caminhonete fez uma ultrapassagem arriscada e que acabou tombando o caminhão por cima do veículo quando tentou desviar.
Quase seis horas após o acidente o Corpo de Bombeiros não havia conseguido fazer o resgate. A estratégia foi esvaziar o caminhão para facilitar o trabalho e identificar as vítimas. A PRF teve ainda que fazer plantão no local para evitar que a carga de carne congelada que estava no caminhão fosse saqueada.
(G1 MA)

Maranhão é o 5º Estado que mais criou emprego com carteira assinada em maio




Pelo terceiro mês seguido, o Maranhão teve crescimento no número de empregos com carteira assinada. Além disso, o Estado registrou o quinto maior aumento de novos postos, segundo dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.
O Maranhão gerou 2.075 empregos formais em maio. É o melhor desempenho para o mês desde 2007, há onze anos. Em relação a maio do ano passado, o aumento foi de 165%.
O Estado só ficou atrás de São Paulo, Minas Gerais Bahia e Espírito Santo. Proporcionalmente, o crescimento dos empregos formais no Maranhão (0,45%) ficou bem acima da média do Nordeste (0,17%) e do Brasil (0,09%). E também foi o maior do Nordeste.
O setor que mais criou empregos no Maranhão em maio foram os Serviços, os Serviços Industriais de Utilidade Pública e a Agropecuária.
Investimentos
Esse cenário tem muito a ver com os investimentos e incentivos feitos pelo Governo do Maranhão. O Estado foi o quarto que mais ampliou investimentos em 2017 em todo o país, com alta de 25,64%. O total foi de R$ 1,176 bilhão, mesmo em meio à grave crise fiscal.
São centenas de obras e empreendimento em execução, o que estimula o mercado de trabalho. Na Indústria e no setor de Serviços, por exemplo, um dos exemplos mais recentes para atrair negócios é o novo Parque Empresarial de São Luís.
O local já despertou o interesse de dezenas de empresas, e um dos empreendimentos já está aberto, o que gerou 500 empregos imediatamente e vai chegar a 2 mil.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Sarneysistas invadem o Poder Judiciário para impedir construção de obras no Estado


Hospitais, pontes, estradas... toda obra eles tentam impedir na Justiça, em vingança inominável contra o povo do Maranhão.

JM Cunha Santos


“Vergonhoso que um grupo político use seu império midiático para pressionar, chantagear e instrumentalizar o Poder Judiciário. Porque não vão atrás de conquistar o voto popular” – disparou o governador Flávio Dino na manhã de hoje. Além de atropelar a Justiça com ações para impedir a conclusão do Hospital do Servidor e o início da construção do Hospital da Ilha, os sarneysistas investem agora contra a construção da Ponte Central-Bequimão, sonho secular de toda uma região que com a ponte ganhará enorme reforço em sua economia, geração de emprego e renda, mobilidade, maior capacidade de escoamento da produção de diversos municípios.
Cruéis e monstruosos, a gente do Sarney, sem coragem para sair nas ruas e pedir votos, com medo de serem apedrejados a ovos e tomates pela população, vaiados e inquiridos sobre denúncias de corrupção do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Procuradoria Geral da República e Supremo Tribunal Federal, criam embaraços que visam deixar o povo doente, sem educação, sem emprego, num ato de vingança inominável contra o povo do Maranhão.
“Não consigo acreditar que a maldade das 3 famílias que mandaram no Maranhão se volta contra a tão sonhada Ponte Central-Bequimão. Querem usar o Judiciário para impedir coisas boas para a população. Uma vergonha”, afirmou o governador Flávio Dino.

TSE cassa mandato de Zé Vieira e determina novas eleições em Bacabal

Por G1 Maranhão


O município de Bacabal, distante 195 km de São Luís, passará por novas eleições ainda este ano por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão de afastar definitivamente Zé Vieira (PP) do cargo de prefeito foi tomada na noite dessa terça-feira (19). O relator do caso foi o ministro Luiz Fux e a decisão foi unânime. A data do novo pleito ainda será divulgada.
José Vieira Lins, mais conhecido como Zé Vieria (PP), foi eleito com 20.671 votos em 2016, mas já entrou na disputa eleitoral condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito em julgamento feito pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, em 2016, antes da eleição. A decisão foi confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2017.
Em 2016, Zé Veiria foi eleito com 20.671 votos e o segundo colocado foi o deputado estadual Roberto Costa (MDB), com 18.330 votos.
Histórico de condenações
No dia 18 de outubro de 2017, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) condenou Zé Vieira por improbidade administrativa e dano ao erário público, sem direito a recurso. Essa foi primeira decisão do caso, que também suspendeu os direitos políticos de Zé Vieira por três anos.
Porém, no dia 31 de outubro de de 2017 a desembargadora Cleonice Freire concedeu tutela cautelar favorável a Zé Vieira, mesmo com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). No entendimento da magistrada, a alternância administrativa causaria instabilidade política e social em Bacabal. Como era uma decisão de Cleonice era liminar, foi necessário passar pelo relator do caso, desembargador José Ribamar Castro. No dia 01/11, o desembargador derrubou a liminar da desembargadora Cleonice Freire.
Contudo, no dia 03 de novembro de 2017 a desembargadora Nelma Sarney recolocou Zé Vieira no comando da prefeitura mais uma vez. Na decisão, ela afirma que o desembargador José de Ribamar Castro não tinha competência para julgar a questão, de acordo com o regimento interno da corte.
No dia 10 de novembro, o vice-presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Antônio Fernando Bayma Araújo, determinou que deveria prevalecer a decisão do desembargador José Ribamar Castro.
Em 1º de dezembro, o desembargador Raimundo Melo determinou o retorno de José Vieira Lins à prefeitura da cidade, cassando os efeitos da decisão anterior.
No começo de 2018, no dia 5 de janeiro, a Câmara Municipal de Bacabal determinou o afastamento imediato de Zé Vieira. A decisão foi expedida pelo presidente da casa, Edvan Brandão de Farias. À época, o vice-prefeito de Bacabal, Florêncio Neto (PHS), quem assumiu.

Prefeitura intensifica “Asfalto na Rua” e programa é lançado na Estiva




Nova frente de trabalho do programa Asfalto na Rua, executado pela Prefeitura de São Luís, foi iniciada na manhã desta terça-feira (19), na Estiva, na zona rural da capital. O prefeito Edivaldo acompanhou o início dos serviços de requalificação de vias, que estão sendo ampliados após intenso período chuvoso. Os benefícios proporcionados pelo programa vão além das melhorias do aspecto urbanístico, tendo saldos positivos também para a saúde pública, a mobilidade urbana e a autoestima dos cidadãos.
"Com a redução das chuvas, intensificamos o trabalho de pavimentação e recuperação das ruas para chegarmos a novos setores da nossa cidade. O início da estiagem vai nos permitir entrar com força total em áreas que necessitam de restauração asfáltica, como essa da Estiva, uma região importante da zona rural. Vamos seguir para outros bairros da cidade, para que possamos avançar ainda mais na infraestrutura urbanística da capital e proporcionar melhorias na qualidade de vida da população ludovicense", afirmou Edivaldo, que estava acompanhado do deputado estadual, Edivaldo Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro, secretários municipais, vereadores, entre outras autoridades políticas e líderes comunitários.
Os serviços na Estiva iniciaram pela Rua do Mangueirão e vão se estender para outras vias do bairro, sendo que muitas delas nunca haviam recebido asfalto. O vice-prefeito Julio Pinheiro destacou a importância da ação para as comunidades locais. "O programa Asfalto na Rua tem esse objetivo de fazer com que a população possa usufruir do benefício de ter sua rua asfaltada e melhorada, garantindo-lhe o direito de ir e vir com dignidade. A Rua do Mangueirão, onde a Prefeitura inicia os serviços hoje, estava muito deteriorada e com infraestrutura precária. Agora será amplamente melhorada para dar as condições de mobilidade que os moradores sempre desejaram", observou Julio Pinheiro.
ASFALTO NA RUA 

O programa Asfalto na Rua contempla dezenas de bairros da cidade com nova pavimentação. A iniciativa soma-se ao conjunto de obras de urbanização executados na primeira gestão do prefeito Edivaldo, quando foram pavimentadas centenas de vias.
Por meio do programa já foram beneficiados bairros como Anjo da Guarda, Gancharia, Cohaserma, Bela Vista, Primavera, Parque Shalon, Jardim São Cristóvão, João de Deus, São Bernardo, Parque Athenas, Residencial Paraíso, Coroadinho, entre outros.
Segundo o titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo, "o objetivo da Prefeitura é ampliar cada vez mais as ações de recuperação da malha viária da capital, melhorando continuamente a mobilidade tanto nos corredores viários de tráfego intenso como nas vias de menor porte dos bairros de São Luís".

O secretário lembrou, ainda, que as ações do Asfalto na Rua integram o maior programa de urbanização já realizado em São Luís, com obras de infraestrutura urbana, entre as quais a pavimentação de novas vias, a construção e ampliação de redes de macro e microdrenagem e recapeamento asfáltico, impactando na melhoria das condições de vida de milhares de famílias. 
Os benefícios proporcionados pelo programa vão além das melhorias do aspecto urbanístico, tendo saldos positivos também para a saúde pública, a mobilidade urbana e a autoestima dos cidadãos, como a servidora pública Inácia Nunes Cardoso, 60 anos, que enalteceu os serviços de pavimentação iniciados nesta terça-feira na Rua do Mangueirão. "Estamos maravilhados com o início dos serviços que tanto reivindicamos. O prefeito Edivaldo assumiu e cumpriu o compromisso feito com nossa comunidade da Estiva de trazer o asfalto às nossas ruas. Estamos muito felizes por isso", disse ela.
A dona de casa Donzila Silva, 59 anos, também se disse muito satisfeita por ver seu bairro contemplado por serviços de urbanização. "O asfalto nos proporciona muitos benefícios, vivemos melhor e com mais dignidade. Só nós sabemos o que passamos no período chuvoso, quando temos de enfrentar ruas enlameadas e sujeira para todo lado. Agora com a chegada do asfalto, esse problema vai acabar e nós vamos poder transitar com mais dignidade", observou ela.


O motorista José dos Remédios tem pensamento similar. "Aguardávamos ansiosos por esses serviços de infraestrutura tão importantes. Além de melhorar o aspecto das ruas e nossas vidas, o serviço também valoriza nosso bairro com um todo", concluiu.
Acompanharam o prefeito Edivaldo os secretários Moacir Feitosa (Educação) e Ivaldo Rodrigues (Agricultura, Pesca e Abastecimento), os vereadores Pedro Lucas Fernandes, Edson Gaguinho, Paulo Vitor, Astro de Ogum, Gutemberg Araújo e Umbelino Júnior e o deputado estadual Edivaldo Holanda.

terça-feira, 19 de junho de 2018

Vai a júri popular casal acusado de espancar filha até a morte em Itapetininiga





O casal Phelipe Douglas Alves e Débora Rolim de Moura, acusado de espancar até a morte a filha Emanuelly Aghata da Silva, de cinco anos, em março deste ano, em Itapetininga, interior de São Paulo, será julgado por homicídio qualificado pelo tribunal do júri. A decisão foi dada na noite desta segunda-feira, 18, pelo juiz Alfredo Gehring, da Vara Criminal, depois de ouvir os acusados e testemunhas do crime.    
O juiz acatou a denúncia da promotoria de que, além de homicídio com quatro qualificadoras, houve também crimes de tortura, cárcere privado e adulteração de provas. Os advogados que defendem os dois acusados anunciaram que vão recorrer da decisão. 
O caso chegou à polícia quando Emanuelly perdeu os sentidos em casa, na região central da cidade, e foi levada ao hospital. Os pais alegaram que a criança havia sofrido uma queda e uma convulsão, mas os médicos desconfiaram das múltiplas lesões. A investigação apurou que a criança foi agredida de forma violenta pelo pai e que as agressões eram sistemáticas.  
Ouvido, Phelipe confirmou que batia na filha com o pretexto de educá-la. No interrogatório, acabou admitindo que, numa das surras, a menina sangrou pela boca. Em outra ocasião, ele a agrediu na cabeça com uma boneca que chegou a quebrar.  

Já a mãe negou participação nas agressões, mas o juiz entendeu que ela nada fez em defesa da filha. Ela foi considerada cúmplice das agressões sofridas pela menina. Durante a audiência, o juiz ouviu também 33 testemunhas. Os depoimentos confirmaram os maus tratos. O casal, que teve a prisão preventiva decretada, vai aguardar o julgamento na prisão, em penitenciárias de Tremembé. A data será definida após o julgamento dos recursos.

(Com informações Estadão)

Passo a passo para consultar se tem saldo no PIS-Pasep



O governo ampliou a possibilidade de saque do saldo do PIS/Pasep para cotistas de todas as idades que trabalharam entre 1971 e 1988. A permissão de saque nessas condições é válida apenas até 28 de setembro.
Antes, a idade mínima para sacar o PIS/Pasep era 70 anos, mas o Planalto já havia editado uma medida provisória reduzindo esse limite para 60 anos. A partir de 28 de setembro, voltam a valer as regras anteriores, ou seja, apenas pessoas com 60 anos ou mais estão aptas a retirar o benefício. Até lá, beneficiários de qualquer idade podem fazer a retirada do dinheiro.
 Pelos cálculos do governo, o pagamento do PIS/Pasep a trabalhadores de qualquer idade vai injetar 39,3 bilhões de reais na economia.
Veja abaixo passo a passo para consultar se possui saldo em conta do PIS
1) Primeiro é preciso saber o número do PIS ou NIS. Esse número costuma estar anotado nas últimas páginas da carteira de trabalho. Se você possui carteira antiga, a anotação pode estar lá. O número também pode ser encontrado no Cartão do Cidadão ou no extrato do seu FGTS impresso.
2) Depois de saber o número do PIS ou NIT, o cotista precisa cadastrar uma senha na internet. Para quem já tem a senha do Cartão Cidadão é preciso clicar nesta página da Caixa na internet para cadastrar a senha internet. Nesta página é preciso digitar o NIS, clicar no botão “Cadastrar Senha”, ler o contrato de prestação de serviços e selecionar a opção “Aceito”. Em seguida, informa a Senha Cidadão e a Senha Internet que deseja cadastrar.
O roteiro é diferente para quem não tem a Senha Cidadão. Nesse caso é preciso clicar nessa página e digitar o número do NIS, clicar em “Cadastrar Senha”, ler o contrato de prestação de serviços e selecionar a opção “Aceito”. Depois é preciso preencher os dados solicitados, conforme seu cadastro, e clique em “Confirmar”. Cadastre então a senha desejada e clique em “Confirmar”.
Quem tem o Cartão do Cidadão pode fazer o pré-cadastramento da senha pelo telefone 0800-726-0207 e depois finalizar em lotérica. Quem não tem o cartão precisa ir até uma agência Caixa para fazer o cadastramento.
3) Após o cadastro da senha internet, o trabalhador pode fazer a consulta. Basta entrar na página https://cotasidade.caixa.gov.br/sipab_quotas/pages/#!/home
Nessa página é preciso informar CPF, PIS, NIS ou Pasep, data de nascimento, dizer se é aposentado, clicar na opção ‘não sou um robô’ e em ‘continuar’. Na página seguinte, é preciso informar a senha internet e ‘continuar.’ Em seguida, o site pede que informe um número de telefone, aceite o termo do contrato e ‘continuar’. Se possuir sado, o site informa o valor.

Perícia encontra digitais nos patins de menina encontrada morta




Uma perícia nos patins encontrados junto com o corpo da menina Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, identificou duas impressões digitais, que agora serão encaminhadas ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil de São Paulo, que investiga o caso.
A informação foi confirmada a VEJA pelo advogado Jair Coneglian, defensor de um casal que chegou a ser considerado suspeito. Coneglian informou que seus clientes deixaram impressões digitais em uma delegacia de Sorocaba (SP) nesta segunda-feira (18), e que foram convocados para fornecer material genético ao Instituto Médico-Legal (IML), para comparação.
Os dois foram envolvidos no caso por uma terceira pessoa, um servente de pedreiro também suspeito e preso. Em uma das versões que ele deu à polícia, o homem citou o casal — liberado após depoimento.
“O rapaz trabalhou com meu cliente em uma obra. Meu cliente não conhecia a Vitória nem mesmo a cidade de Araçariguama [onde a menina desapareceu]. Ele depôs por mais de quatro horas e, nesse tempo, deu mais de dez versões, mencionando meu cliente em uma delas. Acredito que possa ter de ser feito um exame de sanidade”, afirmou o defensor.
Durante oito dias, os moradores de Araçariguama se engajaram nas buscas pela menina, que havia desaparecido no dia 8, enquanto andava na rua de patins em direção à escola que estudava. Cartazes foram espalhados pela cidade e folhetos foram distribuídos em postos da rodovia. O corpo foi encontrado em uma estrada de terra, ao lado dos patins, no início da tarde de sábado (16).
(Veja.com)

Atenção, Associação Nacional de Jornais: “O Estado do Maranhão” pode ser qualquer coisa, mas jornal não é


Tresloucados na ganância por mais dinheiro e poder, eles inventam até assassinatos e assassinos.

JM Cunha Santos


Divulgada nota da Associação Nacional de Jornais na qual revela que “vê com grande preocupação as decisões contrárias ao jornal O Estado do Maranhão, resultantes de ações decorrentes de matérias do jornal a respeito do governo estadual”, o melhor é informar à entidade que não se trata exatamente de um veículo de comunicação, mas de um instrumento político de luta desvairada pelo poder, a serviço de mentiras que beiram à insanidade mental.
Ora, o primeiro compromisso de todo veículo de comunicação deve ser com a verdade e o segundo, imagino, com o respeito à opinião pública. Mas o jornal que a ANJ defende, corroído da ambição insana pelo poder a seus donos, acusou o recentemente falecido senador Epitácio Cafeteira de mandar matar um homem chamado Reis Pacheco que, se descobriria depois, estava vivo e gozando de plena saúde.
Será que a Associação Nacional de Jornais sabe que na campanha eleitoral de 2014, o “jornal” O Estado do Maranhão noticiou que o então candidato e hoje governador Flávio Dino chefiava uma quadrilha de assaltantes de bancos, no que foi apoiado pelo restante do monopólio de comunicação do ex-senador José Sarney. Se soubesse, essa respeitável associação ainda assim defenderia esse anti-jornalismo delituoso?
A mitomania de O Estado do Maranhão não tem freios. Na ganância pelo poder, eles inventam até assassinos e assassinatos. Insinuaram, o quanto puderam, que um médico maranhense que se suicidou, Mariano de Castro e Silva, havia sido assassinado, querendo, de alguma forma, passar para a opinião pública que os adversários de sua política malsã estavam envolvidos em mais um crime que estavam inventando.
Da mentira pura e simples à manipulação dos fatos, desenvolve-se naquelas páginas um verdadeiro terrorismo midiático. Afirmaram e reafirmaram, por exemplo, que o governo do Estado estava pagando R$ 250 mil por um show de Agnaldo Timóteo. O cachê real foi de R$ 35 mil.
E, para fechar o ciclo dessa patologia inescrupulosa e doentia, disseram que o ex-secretário de Comunicação do Governo Flávio Dino, o jornalista Márcio Jerry, havia ameaçado um empresário de morte, mais uma infâmia que se soma a todas as outras no fazer diário de O Estado do Maranhão.
Vê-se logo que a Associação Nacional de Jornais não tem nem ideia do que acontece nesse Estado, da indústria de mentiras, calúnias, injúrias e infâmias que a “comunicação” do senhor José Sarney é capaz de produzir. Até hoje não se sabe quem nem quanto pagaram a um membro de facção criminosa por uma gravação acusando o hoje governador Flávio Dino de ser assaltante de banco. Mas o Sistema Mirante, gerado nas tripas do jornal O Estado do Maranhão, propagou essa insídia aos quatro ventos.
Não se trata, portanto, de processos nem decisões contra um jornal, mas contra o instrumento político falacioso de uma facção política perigosa.
O vitimismo de O Estado, que apresentam à ANJ na maior cara de pau, não passa, portanto, de uma mentira a mais que engorda outras mentiras de seu fazer doente. Isso que fazem não é jornalismo. Pode ser qualquer coisa, mas jornalismo com certeza não é.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Com mais de 20 mil atendimentos, Sorrir já virou referência na saúde do Maranhão




Desde que foi inaugurado pelo governador Flávio Dino, há três meses, a Unidade de Especialidades Odontológicas do Maranhão (Sorrir) já realizou mais de 22 mil procedimentos de baixa e alta complexidades. Maior Centro de Atenção à Saúde Bucal do Nordeste, a unidade tem se destacado entre os pacientes pela qualidade do atendimento e facilidade no agendamento.
Com os 17 consultórios odontológicos internos, equipamentos de última geração e 87 profissionais à disposição da população, o Sorrir já fez 3.885 atendimentos de urgência, 5.145 consultas, 3.584 exames, 660 próteses.
Além disso, realizou três implantes e outros 9.339 procedimentos gerais, atendendo 11.840 pacientes.
Atendida nesta quinta-feira (14) pelo Sorrir, a paciente Maria Batista Pereira diz não ter encontrado dificuldades no encaminhamento à unidade, que fica quase em frente ao Terminal da Praia Grande, em São Luís.
“Fui encaminhada para cá em abril, em maio eu já tinha feito a consulta e agora estou aqui para fazer o molde da minha prótese. Eu achei fácil o atendimento daqui”, diz.


Zaqueu Alves, que também foi fazer o molde da prótese, não teve dúvida ao avaliar o serviço: “O atendimento aqui é nota 10”.
O diretor geral da clínica, o dentista Fabrício Saraiva, explica que, além dos pacientes da capital, existe uma grande demanda oriunda do interior do Maranhão.
“Esses pacientes procuram os postos de saúde das suas respectivas cidades e são avaliados pelo dentista da Unidade Básica de Saúde. Depois, se os postos não realizarem o atendimento por falta de capacidade técnica, são encaminhados pro Sorrir. E a gente já consegue definir dia, data e horário para o atendimento”, frisa.
“Essa ficha é devolvida para o gestor municipal, que fica responsável pelo transporte do interior até o Sorrir pra fazer o tratamento”, completa.
Expansão
Recentemente, o governador Flávio Dino anunciou um programa de descentralização da saúde bucal maranhense, com instalação de Unidades Odontológicas no interior do Estado.
“O Sorrir em São Luís está à disposição de todos os maranhenses, mas estamos trabalhando com a Secretaria de Saúde para expandir esse serviço e garantir que todos os maranhenses tenham acesso ao tratamento em locais mais próximos”, disse o governador.
Atendimento
O Sorrir atende de segunda a sexta feira, das 8h às 20h. O prédio fica ao lado da Farmácia Estadual de Medicamentos Especializados (FEME), em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande, em São Luís. O atendimento dos serviços odontológicos é realizado mediante encaminhamento médico das Unidade Básicas de Saúde (UBS), onde a população deve recorrer no primeiro momento. Há também atendimento de urgência.

Prefeitura de São Luís segue investindo na Educação e entrega mais uma escola reformada




Com salas de aulas climatizadas e ambientes amplamente requalificados, a Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Monsenhor Frederico Chaves, no bairro São Francisco, foi entregue pelo prefeito Edivaldo, neste sábado (16), após passar por reforma geral de sua estrutura física. Com a disponibilização de mais uma escola da rede municipal restaurada, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), avança na implementação do programa "Educar Mais", que executa uma série de ações visando à melhoria do ensino no município, entre estas a requalificação de dezenas de unidades da rede, para ofertar à comunidade escolar ambientes mais acolhedores e estimulantes ao processo ensino-aprendizagem.
"É uma grande alegria poder entregar à comunidade mais uma importante unidade de ensino, amplamente requalificada e apta a receber nossas crianças com qualidade e dignidade. A área da Educação sempre foi uma prioridade absoluta da nossa gestão, o que temos cumprido com muito planejamento e seriedade, mesmo diante da grave crise econômica que as administrações municipais vêm enfrentando no país. Temos muito ainda a avançar, mas temos buscado administrar com compromisso para cumprir nossa meta de chegar ao final da gestão com todas as escolas da rede municipal reformadas", afirmou o prefeito Edivaldo, que esteve acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e pelo secretário de Educação, Moacir Feitosa.

A unidade entregue, que há muitos anos não passava por qualquer intervenção e apresentava precário estado de conservação, recebeu todos os serviços necessários à melhoria da sua infraestrutura predial e pedagógica. A escola é uma das unidades que integram o amplo cronograma de reforma e ampliação da rede física escolar, que já contemplou cerca de 120 unidades com intervenções, ofertando mais conforto e instrumentos pedagógicos que estão mudando a realidade de centenas de escolas municipais. 
A U.E.B. oferece Educação Infantil nos dois turnos, para cerca de 190 alunos. A escola conta com seis salas de aula, sala de professores, sala da diretoria, brinquedoteca e sala de recursos. Possui ainda cantina e um amplo espaço coberto utilizado para a realização de projetos e brincadeiras.
REFORMA

As intervenções realizadas na U.E.B. Monsenhor Frederico Chaves contemplaram melhorias na rede elétrica, com a troca de todo o cabeamento, lâmpadas, ventiladores, interruptores, tomadas e instalação de aparelhos de ar-condicionados em todas as salas de aula, diretoria e sala de professores. A parte hidráulica também passou por reestruturação, assim como a cobertura do prédio, com serviços de retelhamento e troca do madeiramento e do forro. As intervenções contemplaram ainda colocação de novo piso e revestimentos da cozinha e dos banheiros; troca de portas, janelas e grades, além de pintura externa e interna do prédio escolar.
A unidade também ganhou uma nova passarela coberta que se estende do portão ao pátio da escola, para proteger as crianças da chuva e sol. Para deixar o espaço ainda mais aprazível, a Prefeitura realizou na manhã deste sábado (16) serviços de roçagem em toda a área do entorno da escola.
O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, destacou que todas as melhorias realizadas na unidade vão tornar o ambiente muito mais confortável e estimulante ao aprendizado dos alunos.
"Sem dúvida, as dezenas de escolas municipais que, assim como Monsenhor Frederico Chaves, também foram entregues amplamente restauradas, representam um salto significativo na melhoria da infraestrutura escolar e na educação municipal como um todo. São iniciativas que vão desde a melhoria da infraestrutura predial das nossas escolas, visando proporcionar ambientes mais adequados ao ensino; investimentos na capacitação de nossos educadores, até a implementação de ferramentas importantes para nortear a tomada de nossas decisões na área e, assim, avançar cada vez na educação do nosso município", observou o secretário Moacir Feitosa.
A diretora geral da U.E.B. Monsenhor Frederico Chaves, Leonilce Silva, destacou as melhorias realizadas na unidade. "Agora podemos dizer que temos um espaço escolar decente e adequado aos nossos alunos", disse a diretora.
O ato de entrega da U.E.B. Monsenhor Frederico Chaves contou ainda com a apresentação da banda de música do Instituto Musical Evangélico Tom Maior, da comunidade do São Francisco. Participaram ainda da cerimônia de entrega os vereadores Osmar Filho e Paulo Victo; os secretários adjuntos Rodrigo Desterro (Criança e Assistência Social) e Héryco Oliveira (Segurança com Cidadania).
O programa municipal de educação 'Educar Mais' tem foco na aprendizagem, monitoramento, formação continuada, gestão e infraestrutura. Por meio do programa está sendo realizado o diagnóstico da qualidade do ensino oferecido na rede pública municipal de São Luís com o objetivo de acompanhamento, monitoramento e tomada de decisões.

Fifa diz estar satisfeita com decisões tomadas pelos árbitros no jogo do Brasil





Durante o jogo, no lance que resultou no gol da Suíça, os árbitros na cabine avaliaram a cena, inclusive em câmara lenta. Mas chegaram à conclusão de que não houve uma falta sobre Miranda. Por isso, não chamaram o árbitro em campo. Diante do silêncio, ele manteve sua decisão, que também apontava para o fato de não haver uma falta.

Já no caso de Gabriel Jesus, o mesmo processo ocorreu. Na cabine do VAR, os árbitros reavaliaram o lance, mesmo sem que o juiz da partida soubesse. Mas optaram por não alertar o árbitro César Ramos, em comando em campo. Por isso, o lance também seguiu.

Fontes na Fifa ainda indicaram que usaram o "super slow replay" - uma tecnologia que permite rever a imagem num ritmo Ainda mais lento - para tomar uma decisão no que se refere ao lance de Gabriel Jesus. Mas concluiu que nao houve pênalti. O zagueiro abriu o braço antes de o atacante cair, segundo avaliação, o que seria um indício de que não houve a irregularidade. 
Massimo Busacca, diretor de Arbitragem, e Pierluigi Collina, chefe da Comissão de Arbitragem, teriam demonstrado apoio à decisão no jogo. Mas, ao Estado, um dos diretores da Fifa também admitiu que existe uma orientação de que nem todos os lances devem ser alvo de uma reavaliação de vídeo, paralisando o jogo.
Depois de quatro dias do uso da tecnologia numa Copa do Mundo, a percepção é que um dos projetos mais ambiciosos e arriscados da Fifa - a introdução da tecnologia no futebol - por enquanto não acabou com as polêmicas no jogo. Mas apenas as transferiu para outras instâncias.

A avaliação é de membros da comissão de arbitragem da Fifa que vem se reunindo diariamente para avaliar a situação. Ao Estado e na condição de anonimato, um dos principais nomes da arbitragem da Fifa não disfarça seu sentimento de que o uso da tecnologia não representa o fim dos debates no futebol.

Não restam dúvidas, segundo a entidade, que os números de erros poderão desabar com o uso da tecnologia. "Quando o debate é se a bola cruzou ou não a linha do gol, teremos uma ajuda fundamental", disse.

Esse não foi o único caso de controvérsias. O técnico da Austrália, Bert van Marwijk, criticou o árbitro uruguaio, Andres Cunha, depois de ele optar por dar um pênalti para a França ao rever um lance pelo vídeo. "Espero que um dia haja um árbitro muito honesto", disse. O lance resultou no segundo gol da França e a vitória por 2 x 1 contra a Austrália.

Mas, em algumas ocasiões como no caso do lance entre Miranda e o atacante suíço, a decisão continua sendo subjetiva. "Você pode ver a imagem mil vezes. Mas não há como saber se o toque foi apenas um toque ouse houve força para empurrá-lo", explicou um dos árbitros. "Do outro lado do computador, continua havendo um ser humano", comento.
No caso de Miranda, o julgamento do árbitro que estava na tela de vídeo foi de que não havia uma falta e, portanto, não indicou nada ao juiz da partida, em campo.

Motorista perde controle e morre ao colidir de frente com ônibus na BR-135




Um condutor de um veículo de passeio morreu na noite desse sábado (16) após uma colisão frontal com um ônibus seguida de capotamento, no km 125 da BR 135, próximo ao município de Miranda do Norte, distante 119 km de São Luís. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), havia outro ocupante no veículo que teve ferimentos leve. Ambos ainda não foram identificados.
O relatório policial indica que o acidente ocorreu por volta de 20h de sábado. Os levantamentos preliminares da PRF afirmam que o condutor perdeu o controle do carro, invadiu a pista contrária e bateu de frente com um ônibus. O condutor de aproximadamente 40 anos ficou preso às ferragens e teve morte confirmada no local. O veículo ficou destruído com a força do impacto e a placa ainda não foi localizada.
G1 MA

domingo, 17 de junho de 2018

Artigo de Flávio Dino: Viva o espetáculo junino




Começamos o período em que os pandeirões esquentam e as fogueiras se acendem nos arraiais de todo o Maranhão, enquanto vemos no palco o balançar dos maracás, das penas, o brilho nos chapéus e o belo movimento dos cazumbás a contar nossas lendas e tradições. Nossa gente veste cores vibrantes para saudar a nossa cultura popular que tem como um dos principais expoentes o bumba-meu-boi, reconhecido internacionalmente pela beleza singular, patrimônio cultural do Brasil.
Na última sexta-feira, demos início à temporada oficial do circuito junino em todo o estado, com festas espalhadas pela capital e demais municípios. Nesses três anos à frente do governo estadual, aprimoramos o calendário cultural, democratizando as apresentações e descentralizando as brincadeiras. São espetáculos para todos os gostos e idades, sempre valorizando a cultura maranhense e nacional, que estão representadas em uma bela integração.
Investimos em dezenas de festejos. Este ano, serão mais de 500 grupos maranhenses espalhados por todos os arraiais. dezenas de festejos do São João de Todos, dos quais mais de 95% foram destinados aos grupos locais.
Além disso, colocamos em foco as políticas de promoção do Turismo e de Segurança Pública necessárias para um momento de intensa movimentação de brasileiros e estrangeiros que desembarcam para conhecer as nossas belezas naturais e culturais. Afinal, o mês de junho no Maranhão é, sem dúvidas, um dos mais belos culturais vivenciados momentos em nosso país.
Destaco a recuperação dos tradicionais arraiais do Ipem e da Vila Palmeira, que foram progressivamente esvaziados nos anos anteriores a 2015 em nome de uma agenda cultural voltada para o culto a personalidades políticas em camarotes VIP. Esse tempo acabou e o povo maranhense vem reocupando seus espaços públicos, fazendo novamente do São João do Maranhão uma grandiosa brincadeira que se revela na diversidade de sons e cores que hoje representam toda a pluralidade que marca nosso Estado. Um espetáculo de todos e para todos.
Pensando nisso, nossas festas juninas são voltadas para homenagear os grandes nomes da cultura popular e suas expressões. Neste ano, o bumba-meu-boi sotaque Costa de Mão é o grande homenageado. A centralidade recebida este ano faz parte da visão que une recuperação de expressões populares maranhenses, reocupando os espaços públicos materiais e também os simbólicos.
É tempo de festejar! A forte tradição do povo maranhense já está nas ruas, fazendo todo o Estado vibrar e brilhar.

O projeto de Condução Cassetetiva

JM Cunha Santos



E diriam os sábios que dentro de todo acontecimento há um outro acontecimento sendo gerado para que, assim, a sociedade não paralise e nenhuma ideia morra como ideia antes de se tornar fato. Filosofei.
Um grande acontecimento, muito comemorado nas alcovas da ilha grilada de Curupu, foi o fim da Condução Coercitiva, decretado pelo Supremo Tribunal Federal ainda esta semana. Dizem que a champanhe rolou, a lagosta pariu, o vinho derramou entre os entes temerosos de a qualquer momento serem conduzidos pelos beiços para depor sobe acusações de receber propinas, desviar dinheiro público, praticar superfaturamento, fomentar licitações fraudulentas, viciar portal da transparência etc.
- Assim estamos mais tranquilos. Quero ver agora quem é que vai me obrigar a depor sobre recebimento de propina da Transpetro – comemorou Sarney rasgando simbolicamente uma decisão do STF.
- Eu que já sofri isso na carne, sei quanta injustiça existe nessa Condução Coercitiva, já que fui acusado de me apropriar de apenas R$ 1 bilhão, nenhum tostãozinho a mais – lamentou Ricardo Murad entornando Jhon Walker Blue pelo gargalo.
- Com essa decisão que deixa o Supremo ainda mais Supremo, me sinto superprotegido, pois além de contar com o foro privilegiado não serei conduzido coercitivamente para depor sobre nenhuma das dezenas de acusações que pesam contra mim. E que se danem esses delatores que só abrem a boca para me incriminar – abriu a boca Lobão, se acreditando eleito senador mais uma vez.
- Quero ver agora quem vai me obrigar a depor sobre a mala com R$ 3 milhões de Alberto Youssef que circulou intocável nas varandas do Hotel Luzeiros e sumiu para nunca mais – declamou Roseana Sarney descartando um coringa na mesa de João Alberto.
Mas festa nenhuma é festa sem a presença inesperada de um desmancha prazer. Ele estava lá e informou sem pestanejar:
- Acabam de apresentar no Congresso um projeto de lei criando a “Condução Cassetetiva”. Baseado no que acontece com os pobres que ousam roubar neste país, o projeto é um perigo para a nossa condição de inimputabilidade.
Pelo projeto, aquele que receber propina associada à Petrobrás ou qualquer outra estatal será conduzido aos tapas para depor nas diversas instâncias do Judiciário; se a propina vier em malas ou qualquer objeto semelhante, como sacolas e cuecas, será conduzido a pontapés; se, acaso, a acusação de recebimento de propina for reforçada por delações premiadas, a condução será mista, ou seja, a socos e pontapés. E se o dinheiro for garfado da saúde ou da educação públicas o honorável será conduzido debaixo de cassetete, o que, além de muito justo, serve para notabilizar o nome e a razão do projeto.
- Liguem para o Maia! Liguem para o Maia imediatamente. Esse projeto não pode ser aprovado de jeito nenhum! Minha Nossa Senhora, quem pode ter tido tal ideia?

sábado, 16 de junho de 2018

Sesi e Senai abrem vagas com salários entre R$ 1.100 e R$ 6 mil no Maranhão


Os cargos de nível médio e superior são para oito cidades maranhenses.


SÃO LUÍS – O Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Maranhão abriram processos seletivos para o preenchimento de vagas disponíveis para 11 profissionais de Ensino Médio e Superior, além de mais de 160 vagas para cadastro de reserva, nas cidades de São Luís, Bacabal, Rosário, Imperatriz, Açailândia, Pinheiro, Balsas e Caxias. Os salários variam de R$ 1.130,82 a R$ 6.855,92. As inscrições custam R$ 60,00 para os cargos que exigem o Ensino Médio, R$ 80,00 para os de Ensino Superior, e podem ser realizadas até às 23h59 do dia 1º de julho, pelo site do Sistema Fiema – www.fiema.org.br, clicando no banner “Seletivos”, que fica na área inferior da página, onde também estão disponíveis as normas do processo seletivo.
Para o SESI-MA, o processo seletivo é destinado aos profissionais das cidades de São Luís, Açailândia, Imperatriz, Rosário, Caxias, Bacabal, e Pinheiro. As vagas disponíveis são para os cargos de médico do trabalho, com carga horária de 100 horas/mês e salário de R$ 6.855,92, em São Luís, e em Caxias, para técnico em segurança do trabalho - nível médio, com carga horária de 220 horas/mês e salário de 2.435,63.
Instrutores do Senai
Já no seletivo do Senai-MA, há vagas disponíveis para nove (9) profissionais: especialista em pedagogia 220 horas (Açailândia e Imperatriz), instrutor de ensino superior em Vestuário - 220 horas (Bacabal), instrutor de ensino superior em Eletromecânica - 220 horas (Caxias). Há vagas também para instrutor de ensino superior em Alimentos e Bebidas, em Metalmecânica - 220 horas (Imperatriz e São Luís), profissional de Suporte Administrativo – serviços de Motorista - 220 horas (Caxias) e profissional de Suporte Administrativo – serviços de Manutenção - 220 horas (Rosário).
A prova objetiva está prevista para o dia 22 de julho na cidade da vaga ofertada (São Luís, Imperatriz, Açailândia, Bacabal, Balsas, Pinheiro, Rosário e Caxias). Entre os benefícios aos selecionados e aprovados no processo seletivo, além do salário: plano de assistência médica, previdência complementar, seguro de vida, auxílio funeral e vale transporte.
O seletivo será executado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL-MA) e supervisionado pela Coordenadoria de Gestão de Pessoas do Sistema FIEMA. As informações ou dúvidas referentes ao processo seletivo podem ser obtidas no IEL-MA localizado na Av. Jerônimo de Albuquerque, s/nº, Casa da Indústria Senador Albano Franco, 1º andar, ou pelos contatos (98) 3212-1894 e seletivo@fiema.org.br.
Vagas cadastro de reserva
O seletivo do SESI e SENAI é para preenchimento de vagas disponíveis e para formação de cadastro de reserva. Todos os cargos exigem conhecimento de informática básica e experiência profissional mínima de 6 meses na área de atuação. As contratações dos classificados para formação do cadastro de reserva podem ou não ocorrer dentro do prazo de validade do processo seletivo, que é de um ano podendo ser prorrogado igual período, dependendo da necessidade das instituições.

Corpo de menina desaparecida em Araçariguama é encontrado ao lado de patins, diz polícia


Por G1 Sorocaba e Jundiaí


O corpo da adolescente Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, de 12 anos, que desapareceu ao sair para andar de patins, em Araçariguama (SP), foi encontrado em uma estrada de terra, ao lado dos patins, no início da tarde deste sábado (16).
De acordo com a Polícia Militar, a equipe foi acionada pelo telefone 190 e seguiu para o local, que fica na Rua Coronel Joaquim Augusto, no bairro Caxambu, sentido Aparecidinha, por volta de 13h.
Os pais da garota estão no local acompanhando o trabalho da polícia. As causas da morte ainda estão sendo investigadas. A Polícia Civil também confirmou que o corpo é de Vitória Gabrielly.
A família de Vitória registrou o boletim de ocorrência no último sábado (9), informando que a menina havia saído de casa na sexta-feira (8), por volta de 13h30. Quando a mãe chegou em casa, no fim da tarde, não encontrou a garota.
Ela foi vista pela última vez andando de patins perto do ginásio de esportes de Araçariguama, no bairro Vila Nova. Câmeras de segurança registraram o momento. 
Principal suspeito
Na manhã deste sábado (16), a Polícia Civil confirmou a prisão do suspeito que apresentou seis versões diferentes sobre o desaparecimento da menina. A Justiça decretou a prisão temporária do homem, que não teve a identidade divulgada, por cinco dias.
Para a polícia, o servente de pedreiro é a principal testemunha do caso, pois afirma que esteve com a garota na sexta-feira (8), quando ela foi vista pela última vez.
O rapaz preso chegou a apontar locais por onde a menina pode ter passado em Mairinque. De acordo com o delegado seccional Marcelo Carriel, ele disse ser usuário de drogas e revelou que esteve com a garota junto com um casal em um carro.
O delegado disse que a menina pode ter sido levada por engano. O homem afirmou que foi deixado em uma rua na volta para Mairinque, cidade onde mora, e que a menina seguiu com o casal no carro.
O casal também prestou esclarecimentos à polícia e teve o carro apreendido, mas foi liberado na quinta-feira (14).