Banner

Banner

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Flávio Dino reduz gastos com transporte aéreo no governo



Diferente dos últimos anos, agora os gastos públicos estão sendo feitos de forma racional no Governo do Estado considerando a relação custo benefício. Exemplo disso é a licitação para o aluguel de duas aeronaves para transporte do governador em agendas institucionais. Com o contrato anterior era pago um valor fixo de R$ 680 mil por mês independente de qualquer uso das aeronaves, somente em 2014 foram pagos R$ 6,8 milhões.
Ao todo, ao longo dos últimos quatro anos foram empenhados R$ 24.935.400 com a contratação do serviço através da empresa PMR Táxi Aéreo. Em 2014 e 2013, o valor fixo correspondia a R$ 680 mil a cada mês. Em 2012, o gasto fixo era de R$ 819 mil, somente em 2011 não houve um gasto fixo, foram efetuados três pagamentos nos últimos dois meses do ano totalizando R$ 1,5 milhão.
O novo contrato em licitação corresponde a um jato e um avião de pequeno porte e apresenta uma grande mudança para maior economicidade dos gastos públicos: o jato somente será pago quando for utilizado. Nos últimos anos também foi contratado um jato, mas a aeronave era paga mesmo quando ficava parada, sem uso.

Além disso, a previsão do valor global corresponde a aproximadamente R$ 14 milhões, o que significa que além da possibilidade da contratação ocorrer por um valor inferior, já que se trata de uma estimativa, o gasto decrescerá consideravelmente uma vez que o pagamento do jato ocorrerá apenas quando a aeronave for utilizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário