Banner

Banner

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Governo do Estado apresenta potencialidades do Maranhão a empresas de exploração de gás natural


O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Minas e Energia (SEME), em conjunto com a Companhia Maranhense de Gás (GASMAR), promove nesta quinta-feira (26) o seminário ‘Gás Natural, a Nova Fronteira Energética do Maranhão’. O evento será realizado a partir das 13h no Pestana São Luís Resort Hotel, no Calhau, e apresentará as potencialidades do Maranhão como estado produtor de gás natural e como ambiente propício para instalação de indústrias ligadas ao setor energético.

O governador Flávio Dino presidirá a abertura do evento que contará com a presença de vários representantes da cadeia de exploração de gás natural, incluindo a presidente da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Magda Chambriard. A presidente Magda Chambriard esteve em São Luís no final de julho quando foi formalizada a oferta de 22 blocos de gás natural no Maranhão na 13ª Rodada de Licitações que será promovida no dia 7 de outubro pela ANP.

Durante o anúncio do leilão, Chambriard declarou que o Maranhão é protagonista no planejamento nacional para a exploração de gás natural, especialmente, com a busca de outras fontes para a geração de energia no Brasil. Dentro dessa perspectiva, o seminário apresentará as possibilidades de desenvolvimento e industrialização que o Maranhão oferece a partir das reservas naturais de gás que serão leiloadas para futura exploração.

Com os novos investimentos em curso no estado, a estimativa é que a produção de gás natural, que atualmente é de 2 milhões de m³, alcance já em 2016 o patamar de 5 milhões de m³. Para o desenvolvimento desse cenário positivo, foi fundamental a declaração de comercialidade da Bacia Terrestre do Parnaíba, autorizada pelo governador Flávio Dino ainda no mês de março.

PROGRAMAÇÃO
13h às 14h30 – Credenciamento

14h30 às 15h – Abertura pelo governador Flávio Dino

15h às 15h30 – SEME – Secretaria de Estado de Minas e Energia

15h30 às 16h – GASMAR – Companhia Maranhense de Gás

16h às 16h30 – ANP – Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis

16h30 às 17h – PGN – Parnaíba Gás Natural

17h às 17h30 – Ouro Preto Petróleo e Gás

17h30 às 18h – SEMA – Secretaria de Estado do Meio Ambiente

18h às 18h30 – EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária

18h30  às 19h- FIEMA – Federação de Indústrias do Estado do Maranhão

19h às 19h30 – Consórcio de Alumínios do Maranhão (Alumar-Alcoa)

19h30 às 20h – Encerramento/Considerações Finais - Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados


20h – Coquetel

2 comentários:

  1. Importante iniciativa do governo, mas de nada vai adiantar esse esforço tivermos um porto do Itaqui sem planejamento objetivo e claro como ocorre atualmente. O que foi visto nesses 8 meses de gestão na EMAP foi seguir o que já estava planejado pela gestão anterior que vivia um outro cenário. JÁ TEMOS CIENCIA DA LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA DO ITAQUI, JÁ TEMOS CIENCIA DE QUE HÁ UM RECORDE DE MOVIMENTAÇÃO DE CARGA (EM FUNÇÃO DO USO DE 3 BERÇOS PELA VALE), JÁ TEMOS CIENCIA DE LUCRO DE 1.300% ( HÁ UM RECORDE HISTÓRICO DE AÇÕES TRABALHISTAS) ETC, ETC, ETC... QUEREMOS SABER DO PLANEJAMENTO CLARO E OBJETIVO DA ATUAL GESTÃO SEM BLÁ BLÁ BLÁ

    ResponderExcluir
  2. Planejamento da Emap na atual gestão??? não existe. O que se tem no Itaqui é um gestor inexperiente, que pouco entende de gestão e não tem noção da área portuária, não precisa ser PHD em porto para chegar a essa conclusão, basta ler as entrevistas do Ted e acompanhar o site da empresa. Se quer ajudar o Maranhão dá a vez pra quem entende do assunto para que possamos de fato termos um porto desenvolvimentista acompanhando a gestão do Flávio Dino.

    ResponderExcluir