Banner

Banner

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Foliões afirmam que segurança foi um dos destaques do ‘Carnaval de Todos’


Por todos os circuitos Polícia manteve clima de segurança para os foliões. 
Foto: Karlos Geromy/Secom
A segunda-feira de carnaval foi tranquila e favorável às famílias e turistas que curtiram a folia de momo no Circuito Chico Coimbra – no Centro Histórico de São Luís – e no Laborarte, além dos circuitos Antero Viana e Seu Roseno. Também houve muita batucada na Passarela Chico Coimbra com os desfiles dos blocos organizados e das escolas de samba. No Carnaval de Todos, uma realização do Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís, mais uma vez a tranquilidade e sensação de segurança foi muito elogiada pelos brincantes.


Na Praça Nauro Machado, era comum ver crianças correndo, jovens se divertindo e adultos admirados tirando fotos da variedade cultural de São Luís entre uma apresentação e outra dos 21 blocos tradicionais, duas tribos de índio e shows da Máquina de Descascar Alho, Marco Duailibe e Mauro César, Bicicletinha e Turma do Vandico que passaram pelo Circuito Chico Coimbra no Centro Histórico, além de 14 grupos de tambor de crioula.
No local, o casal Adriano Matos, de 28 anos, e Thays Campos, 25, contou que namoraram a distância por dois anos, quando ele morava no Paraná e ela em Santa Catarina. Mas uma oportunidade de emprego em São Luís, conhecida poeticamente como Ilha do Amor, oportunizou selar a união de vez, três anos atrás. Este ano, a grande novidade no carnaval da família é a presença da filha do casal, Anita Campos, de apenas nove meses de idade. “São Luís é uma descoberta nova a cada dia: a comida, os costumes, a cultura, tudo é diferente. Eu gosto dos blocos tradicionais e da liberdade de curtir sem precisar pagar um abadá e como já tinha visto que o pré-carnaval tava organizado, com mais banheiros químicos e mais segurança, trouxe minha filha para cá”, afirmou Adriano Matos.
 Ingrid Silva, estudante universitária de 19 anos, viu a programação do Carnaval de Todos pelo site do Governo do Maranhão e teve a ideia de reunir os amigos do curso de História para a folia. Ao chegar na Praça Nauro Machado, se surpreendeu. “Achei que ia ser chato, mas tá muito bacana a programação. Tá super de boa, tem muito policiamento, dá para tirar fotos com o celular tranquilamente”, ressaltou.


A segurança tem sido um dos diferenciais do ‘Carnaval de Todos’. Após o período de qualificação, é a primeira vez que mais de 1.300 policiais militares atuam juntos no período carnavalesco e somam ao efetivo consolidado da PM e da Polícia Civil, garantindo a segurança dos brincantes. O tenente Texeira, responsável pelo policiamento da Polícia Militar no Centro Histórico na última segunda-feira, afirmou que não foram registradas ocorrências desde o começo das festas na localidade e destacou o fato das festas terminarem mais cedo que em outros anos. “Isso facilita porque as pessoas não ingerem tanta bebida alcoólica, voltam cedo mais cedo para casa e faz com que haja mais segurança”, frisou. O sistema de segurança e saúde também incluem a presença de efetivos do Corpo de Bombeiros e unidades do Samu.
Festa para toda a família


Ambiente familiar também foi visto no tradicional Carnaval de 2ª do Laborarte, que é apoiado pela Prefeitura de São Luís e Governo do Maranhão. Para Rosa Reis, que se apresentou para grande público no Palco Nelson Brito, na RFFSA, é gratificante ver tantas pessoas presentes na folia. “São 28 anos deste carnaval de rua e que fomos consolidando até virar tradição. Carnaval é isso: vestir uma fantasia sair pulando por aí. É uma energia maravilhosa”, disse a artista.


A folia de momo ainda movimentou os brincantes e turistas no Circuito Seu Roseno, na Vila Gracinha, Praça da Saudade e Largo do Caroçudo, com 21 blocos tradicionais, o bloco alternativo Bicho Terra, a tribo de índio Tapiaca-Uhu e show de Canto Afro do Maranhão. Também teve festa no Circuito Seu Antero, na Praça São Pantaleão, Largo Santiago e Ceprama, com oito blocos alternativos, o Cordão do Urso, e as atrações Banda dos Piratas, Banda Verdura, Os Camalões, Turma do Abano, Turma das Piruas, Não Inxiriza Malandro e Bloco do Reggae. Teve animação no Ceprama com shows de Gisele Padilha, Célia Sampaio, Oficina Afro, Show de Samba, Mila Camões, Camila Boueri, Tássia Campos e Fernando de Carvalho.

Para fechar a noite, os foliões ainda aproveitaram os desfiles de alegoria de rua Tijupá, Casinha da Roça e Tapera; dos blocos organizados Beatos do Samba, Os Gorjeadores, Dragões da Madre Deus, Turma do Saco, Os Liberais e Mocidade de Fátima; e das escolas de samba Mocidade Independente da Ilha, Túnel do Sacavém, Turma da Mangueira, Turma do Quinto e Favela do Samba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário