Banner

Banner

quinta-feira, 9 de junho de 2016

“O papel da oposição é bater e nosso papel é trabalhar”, afirma Edivaldo



O prefeito Edivaldo fez um balanço de sua gestão nos três anos e meio à frente da Prefeitura de São Luís durante entrevista concedida à Rádio Timbiras AM, na manhã desta quarta-feira (8). Na ocasião, o chefe do executivo municipal afirmou que está preparado para enfrentar o discurso dos oposicionistas.
“Estamos preparados para enfrentar quem opor. Nós temos discurso, temos muitas ações, temos muitos argumentos e vamos para o bom debate. Vamos colocar durante a campanha”, disse Edivaldo.
A transmissão foi feita simultaneamente pelas rádio Esperança FM e pela rádio comunitária Cidadania (Cidade Olímpica). Dentro do programa Timbira Debate, apresentado pelo radialista Marcos Saldanha, os jornalistas Cunha Santos, Clodoaldo Corrêa e Marina Souza sabatinaram o prefeito Edivaldo, que também respondeu aos questionamentos enviados por internautas e ouvintes do programa.
Para Edivaldo, diante da crise enfrentada em todo o país, a campanha eleitoral não será um momento onde os adversários vão poder prometer muito. “Governar neste período de crise não é fácil. Tem que ter muita sabedoria. O papel da oposição é bater e nosso papel é trabalhar. […] Temos avançado mesmo diante de uma das maiores crises que este país já passou. Onze estados e quase 600 prefeituras atrasando salários dos servidores. Tivemos uma queda de repasse de 139% do Fundo de Participação do Município. Não é simples administrar diante de muitas dificuldades. E ainda assim, avançamos com bom planejamento. Enquanto eles batem, nós olhamos pra frente com foco”, assinalou.
Edivaldo destacou que a Prefeitura de São Luís desenvolve atualmente o maior programa de urbanização já realizado na cidade, com cerca de 400km de asfalto já implantado em ruas e avenidas e quase uma centena de bairros beneficiados. Quanto às creches, o prefeito explicou que estão sendo construídas três, tendo iniciado as obras na Cidade Operária, Chácara Brasil e Morada do Sol (Maracanã), com aporte financeiro já autorizado pela Fundação Nacional de Educação (FNDE).
A qualidade do transporte público foi outra questão bastante debatida no decorrer da entrevista, ocasião em que foi explicado o processo licitatório lançado em março deste ano pelo prefeito Edivaldo. O edital de licitação do sistema de transportes da capital prevê uma série de benefícios para os usuários dos ônibus. Entre eles, a renovação de cerca de 40% da frota, veículos com ar-condicionado, sendo 180 deles já nos primeiros meses de contrato; frota com acessibilidade; ônibus bi-articulados; e redução da média de idade da frota para quatro anos. Outro projeto implementado foi o Bilhete Único.
“Avançamos também de maneira significativa na rede de saúde com ações históricas, como o fim das macas no Socorrão I. No Hospital da Mulher, são 300 cirurgias por mês e mais de mil procedimentos já realizados. São muitas ações viabilizadas pela nossa gestão e outras também em parceria com o governador Flávio Dino. Estamos resolvendo problemas que há décadas nenhum gestor municipal conseguiu solucionar e hoje podemos humanizar o atendimento à população”, disse Edivaldo.
O gestor enfatizou ainda as construções do novo Hospital da Criança e do Hospital da Zona Rural, que serão entregues ainda este ano. Destacou a reforma de unidades de saúde e a ampliação do número de leitos de UTI dos principais hospitais de emergência da cidade – os Socorrões I e II; a referência em ortopedia e traumatologia, condição outorgada pelo Ministério da Saúde ao Hospital Clementino Moura (Socorrão II). Edivaldo citou ainda a reabertura do Centro de Especialidades Médica do Filipinho, no qual foi implantado o Núcleo de Saúde do Homem.

“Minha vontade, como gestor, como prefeito que tanto ama esta cidade, era o de asfaltar todas as ruas, construir e reformas escolas, hospitais, unidades de saúde, as praças da cidade, tudo ao mesmo tempo. Mas nós trabalhamos dentro de um planejamento, que tem um orçamento. Mesmo assim, com trabalho e criatividade, estamos avançando. É preciso apenas que isto seja feito com responsabilidade”, concluiu o prefeito Edivaldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário