Banner

Banner

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Dinheiro supostamente desviado por Roseana daria para construir 1000 Escolas Dignas



A ex-governadora Roseana Sarney vai responder a Ação Civil por Ato de Improbidade Administrativa por rombos de mais de R$ 400 milhões na Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ). O montante equivale ao preço de mil Escolas Dignas iguais à que o governador Flávio Dino está construindo no município de Newton Bello, por exemplo.
A denúncia, apresentada pelo Promotor de Justiça, titular da Vigésima Sétima Promotoria de Justiça Especializada, Paulo Roberto Barbosa Ramos, com base em relatórios da Secretaria de Transparência e Controle e da SEFAZ trata de auditorias que constataram diversas irregularidades no Sistema de Arrecadação Tributária (SIAT), que ocorreram entre os anos de 2009 a 2014.
Com os mais de R$ 400 milhões que foram desviados na gestão Roseana, o governador Flávio Dino poderia construir cerca de mil Escolas Dignas idênticas à que está sendo feita em Newton Bello, por sistema modular, que beneficiará 53 alunos das séries iniciais do pré-escolar ao 5º ano do Ensino Fundamental.
O programa Escola Digna visa substituir escolas de taipa e barro inapropriadas para a comunidade escolar por prédios  com salas de aula climatizadas; sala multimeios; diretoria; banheiros; cozinha e pátio central.

A cada descoberta de dinheiro desviado durante as cinco décadas de oligarquia Sarney, podemos ratificar os motivos que levaram o Maranhão ao atual patamar de obter os piores índices em todas as áreas do desenvolvimento humano no Brasil. Realidade que está mudando desde que a família que usava o estado apenas para usurpar o dinheiro público deixou o poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário