segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Brasil 2017: o país se rende à eficiência da administração Flávio Dino

E, assim, 50 anos depois, podemos brincar o carnaval com o Maranhão na Comissão de Frente, como destaque entre os estados do Brasil, abre-alas da eficácia administrativa e da honestidade e sem nenhuma saudade dos blocos da propina e da corrupção.

JM Cunha Santos


Foi uma semana e tanto para o governo e para o governador Flávio Dino! Revistas, sites, portais, blogs, jornais de maior circulação e acessos no Brasil destacaram a atual administração do Estado do Maranhão entre aquelas com resultados mais positivos no país. Enquanto a mídia sarneisista, mentindo como sempre, noticiava uma queda brusca no PIB do estado, a revista Carta Capital divulgava um mapa explicativo colocando o Maranhão como um dos estados com superávit, de R$ 72 milhões.
Do lado de lá, o ex-senador Jose Sarney passava a constar do mapa de investigações do Supremo Tribunal Federal, ao lado de figuras onipresentes na crônica da corrupção, como Renan Calheiros, Romero Jucá e Sérgio Machado.
Enquanto anunciava a antecipação do pagamento dos servidores públicos para antes do carnaval, o governador Flávio Dino podia ler no jornal O Globo que o estado do Maranhão foi o que mais ampliou o efetivo de policiais militares no Brasil.
Do lado de lá, o senador Lobão, o filho dele, Márcio Lobão e outras figuras também onipresentes na crônica da corrupção do país, enredavam-se nas teias da Operação Leviatã, da Polícia Federal e mais uma vez sob as ordens da Corte de Justiça suprema do país –o STF.
Do lado de cá, o colunista Marcos Lisboa, do jornal Folha de São Paulo, refletindo sobre “Os dois Brasis”, afirmava: “Em meio à crise que afeta o país, no entanto, esses estados têm implantado reformas e controle dos gastos enquanto aperfeiçoam a política pública, como na segurança em Alagoas e no controle dos desvios tributários no Maranhão”.
Do lado de lá, Roberto Rocha, agredindo jornalistas, externava-se à servidão de um anacrônico macarthismo, assumindo, de uma vez por todas, que é hoje um político contaminado pelo mesmo ódio do grupo Sarney.
Do lado de cá, a revista Época, em mais um levantamento nacional, colocava o Maranhão entre os estados que melhor pagam os policiais no Brasil.
Do lado de lá, as redes sociais amaldiçoavam as declarações de Sarney Filho de que Roseana Sarney pretende se candidatar ao governo do Maranhão.

E, assim, 50 anos depois, podemos brincar o carnaval com o Maranhão na Comissão de Frente, como destaque entre os estados do Brasil, abre-alas da eficiência e da honestidade e sem nenhuma saudade dos blocos da propina e da corrupção.

24 comentários:

  1. Assim se passaram 50 anos de tudo que aconteceu, você como excelente jornalista vem acompanhando os fatos e compartilha com seus leitores. Na minha humilde opinião O Dino chegou ao governo do Maranhão com o coração e com o seu talento politico e sua sensibilidade humana, que se agrupa com seu povo nas multidões como se vê em imagens recentes, mostrando momento de alegria com sua gente. Esse Governo vem trabalhando pela união de todo estado para fazer valer apena viver num estado que esse governo vem trabalhando o tempo todo fazendo politicas publica para essa gente levar uma vida digna que não é fácil e deletar esse sofrimento avassalador que já se passaram 50 anos. Tenho curtido pre-carnaval pelas redes e me sinto como estivesse na Praia Grande ou na Madre de Deus ou em qualquer ponto da cidade com muita alegria e convicção que o Maranhão é um estado cultural com suas próprias manifestação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deixemos de reclamar e de hipocrisia. vamos pensar e agir com clareza e razão. Flávio Dino PRESIDENTE, é o único que pode levar a paz para o Brasil e a esse caos político.
      um jurista idôneo e um político sensato. É só disso que o Brasil precisa.

      Excluir
  2. Deixa de babaquisse rapaz, vai no interiior pra te ver a miséria que o estado tá. Larga de portar besteira e por os pés no chao, todo mundo sabe do péssimo governo que o teu chefão Dino tá fazendo, esandalos são mil.
    Não tente colocar a peneira pra tapar, o só. Isso pode acabar com sua credibilidade se que voçe tem.
    Pare de ser babao isso é ridículo.
    A guerreira vem pra acabar com a festa de Vc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tu tá fazendo o que, defendendo o atraso dos cinquenta anos de Sarneysmo? Aceita que menos, idiota! Vai levar outra taça em 2018...

      Excluir
    2. estêniu joni mió ocê aprendê iscrevê antis di querê defendê sua xéfona, num axa?

      Excluir
    3. os povo di la tudim sabi escrevê eles num aceita crace baxa naum viu estreniu!?

      Excluir
    4. Esse cara, o tal de Stenio Jhony, kkkk, até o nome é uma piada, pela escrita dele nota-se o nível intelectual das pessoas que ainda aceitam a família Sarney no controle.
      Porra cara! Vai estudar um pouco antes de participar desses assuntos políticos.
      Ainda não dá pra ti cara.

      Excluir
    5. ESTE CARA REALMENTE É UMA PIADA. GOVERNO FLÁVIO AINDA NÃO CHEGOU ONDE DESEJARÍAMOS EM TERMOS DE MUDANÇA. MAS, EM RELAÇÃO À CORJA ANTERIOR ELE AVANÇOU MUITO E VAI AVANÇAR MAIS AINDA. CHEGA DE SARNEY NO MARANHÃO.

      Excluir
  3. Só cego ou ser muito "BABÃO", para falar uma baboseira desta, roseana(com inicial minúscula) de novo, EU não aguento. Olha o povo ELEITOR não está mais "BESTA", o doutor Flávio Dino, nós deu uma visão e ensinou-nos a votar. ATRASO nunca mais. DEUS seja contigo Governador Flávio.

    ResponderExcluir
  4. Vixiiii Jhonys o negócio não deu pra ti cai fora e vai chorar no colo do teu pai Sarney seu Zé Mané kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Li aqui o blog desse matuto chamado stenio e vi que ele dá um mal exemplo de profissional. Rapidão, vi ele chamar um amigo da profissão do jornal o Estado de incompetente e outros adjetivos menores. Em outra postagem ele xinga o Luis Pablo de medíocre e tudo o mais. Xingou agora o jornalista Cunha Santos. Que péssimo profissional e mal exemplo vc é. Desse jeito, a profissão de vocês fica avacalhada. Leio as coisas dele aqui e fico com vontade de entrar dentro do pc, sair na frente dele e presentear com uma cartilha do ABC. Seja pelo menos humilde e vc com certeza vai vencer.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Esse Stenio e aquele que foi expulso da Sejap e agora da Secretaria de Segurança vive empatando lugar dos profissionais na assessoria da assembleia, procura e lavar esse terno q ninguem aguenta mais esse cheiro ruim aqui na assembleia kkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Bando de lacaio que perdeu a mamata conversando merda acham que em menos de 2 anos uma pessoa consegue mudar o que uma quadrilha fez em mais de 100 anos?
    Canalhas!

    ResponderExcluir
  9. Pessoal não há necessidade de discussões, vamos ser realistas e reconhecer que no governo do Flávio Dino o Maranhão desenvolveu muito mais do que no da Roseana. É verdade que ainda existe muita pobreza no Maranhão. ..mas já melhorou bastante

    ResponderExcluir
  10. Esse Stenio Jonny era um vassalo do Secretário de Administração Penitenciária no governo Rosengana, um puxa saco de Primeira

    ResponderExcluir
  11. O babão,talvez tu garantiu o salário desse mês com Flávio Dino.

    ResponderExcluir
  12. Como sempre tem idiotas e chupa culhão dos dois lados. Uns protegendo Roseana, outro Flávio Dino. Maranhão é uma miséria só. Melhor vcs se mancarem.

    ResponderExcluir
  13. Lamentável! O que a falta de uma educação de qualidade faz! Um país onde as pessoas não têm a leitura como hábito só pode produzir uma massa de analfabetos funcionais e políticos. Junte-se a isso a cultura da corrupção impregnada em todas as classes sociais e muito bem representada pela classe política. O resultado é essa cegueira. De um lado, as pessoas se deixando manipular pelo discurso mentiroso dos políticos e seus partidos. Estão tão cegas que não percebem o quanto são marionetes, quando defendem partidos ou grupos de políticos. Por outro lado, eles, os políticos, se valem das mesmas estratégias da velha e eficaz política para ludibriar, para convencer a qualquer custo os tolos que facilmente são convencidos da "boa" intenção. Qual a diferença entre os que estão no poder para aqueles que estiveram nele durante cinco décadas? Não vejo nenhuma. Se a crítica era sobre a manutenção daquele grupo no poder por tanto tempo, como falar em reeleição? Isso não é querer se manter no poder? Se a crítica era usar a máquina pública para a manutenção do poder, porque temos a impressão de que o Estado do Maranhão das propagandas políticas, estampado nas mídias não é o mesmo da vida real? Vejam o caso das eleições municipais: a São Luís mostradas durante as campanhas eleitorais não tinha nenhum problema. Bastou findar o processo eleitoral com a confirmação da reeleição para que a cidade real aparecesse com todas as suas mazelas. Enfim, é preciso que as pessoas saiam desse estado letárgico e entendam que um gestor público, independente do grupo político que pertença, tem a obrigação de fazer o melhor para a população.

    ResponderExcluir
  14. deixemos de reclamar e de hipocrisia. vamos pensar e agir com clareza e razão. Flávio Dino PRESIDENTE, é o único que pode levar a paz para o Brasil e a esse caos político.
    um jurista idôneo e um político sensato. É só disso que o Brasil precisa. até os coxinhas vão gostar.

    ResponderExcluir