Cidadão Limpeza

Cidadão Limpeza

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Acabou, Sarney! Não é só o povo, também os prefeitos, deputados e partidos estão com Flávio Dino

Acabou, Sarney! Aqui, nunca mais se governará comendo lagostas, bebendo champagne Cristal e descartando Pif Paf...

JM Cunha Santos


Leio a manchete que diz “Mulher de Sarney não quer o marido candidato em 2018” e penso: nem ela, nem ninguém. De fato, parece sarna, que contamina, traz coceira, provoca urticária. Todos fogem do nome Sarney como o diabo da cruz.
Flávio Dino está fazendo no Maranhão o inesperado: um governo. Um governo de verdade e o sabem todos os que viveram os últimos 50 anos por aqui.
Acabou, Sarney! Não é só o povo, também os prefeitos, deputados e grande maioria dos partidos políticos apoiam Flávio Dino. E, ontem, mais de uma centena de prefeitos se reuniram não apenas para homenagear o governador escolhido como aquele que mais cumpriu compromissos de campanha e o mais eficiente entre 60 governantes avaliados, mas para aplaudir o Maranhão em primeiro lugar. Finalmente!
Era um estado que vivia nas sombras e à sombra das piores notícias. De corrupção, de violência, de educação e saúde combalidas. Agora é referência nacional, exemplo de administração pública para todo o país. Isso dito pela imprensa nacional, órgãos de controle, institutos e instituições públicas de todo o Brasil.
Acabou, Sarney! Aqui, nunca mais se governará comendo lagostas, bebendo champagne Cristal e descartando Pif Paf. Governa-se agora com o olhar da justiça social, com foco na superação das desigualdades, no interesse de todos e não somente de algumas poucas famílias.
Acabou, Sarney! O povo maranhense provou da verdadeira política, essa que na definição de Aristóteles tem por objeto a felicidade humana, individual e coletiva e não a felicidade de alguns poucos corruptos atarracados aos cofres públicos. Não vai querer voltar à politicalha desenfreada que durante 50 anos fez deste o estado mais atrasado do país.
Provou e sente isso nas escolas reformadas, na agricultura que renasce, na criminalidade que se reduz, nos hospitais regionais e restaurantes populares que se espalham, na ausência de corrupção, no primeiro lugar em transparência, na redução da mortalidade infantil e da mortalidade materna, nas cidades pavimentadas, na parceria entre o governo e a Prefeitura de São Luís, nos destaques todos de uma administração que vence as crises econômica e política mais graves de toda a história.
Acabou, Sarney! Até a mentalidade política do Maranhão está mudando. E lhe sobrou para essa última tentativa de retornar ao poder nesse Estado, somente os 90 % de rejeição de Michel Temer juntados à rejeição igualmente astronômica de Roseana Sarney. Soma e vê no que dá:

Acabou, Sarney!

3 comentários:

  1. É isso aí Flávio Dino.Estamos juntos!

    ResponderExcluir
  2. Meu irmão, eu vivia há alguns anos atrás, como Brasileiro, preocupado com o Maranhão.
    Agora com esta notícia me senti aliviado.
    Eu sou Baiano, e saí do sertão da Bahia em 1985,no auje da minha juventude porque o Carlismo não dava nenhuma esperança ao jovem do sertão da seca.
    Eu amo o Nordeste, e me sinto um exilado aqui no são Paulo conservador, concentrador de riquezas da dinastia Alckmin e Serra.
    Parabéns aos maranhenses. Um estado tão lindo de um povo tão bom.

    ResponderExcluir
  3. O Maranhão muda de fato com o fim de um modelo político que privileģiaváa corrupção e o patrimonialismo e esquecia a população.

    ResponderExcluir