Banner

Banner

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

10 perguntas que comparam os 50 anos de governo dos Sarney com os 3 anos do governo Flávio Dino

JM Cunha Santos


1 - Diante do caos, do desvio de R$ 1bilhão na gestão de Ricardo Murad e do compadrio na saúde pública, poderia o povo maranhense imaginar que, 25 anos depois, aconteceria nesse estado um concurso com mil vagas para a gestão da Saúde? Que o Maranhão teria 8 hospitais novos funcionando em regiões diversas do Estado?
2 - Diante do que foi o caos na segurança pública, com São Luís eleita uma das cidades mais violentas do mundo, cabeças decepadas na Penitenciária de Pedrinhas, Crime Organizado decretando toque de recolher na capital e cidades do interior maranhense, poderia o povo imaginar que chegaríamos a mais 3 mil policiais nas ruas em apenas 3 anos? Que teríamos um concurso com mais 1215 vagas na Polícia Militar em 2017 e também um concurso na Polícia Civil? Que teríamos o menor índice de homicídios da história e uma polícia capaz de desvendar a maioria dos crimes em menos de 72 horas?
3 – Diante da grilagem, da especulação imobiliária e da violência no campo do passado, o povo maranhense poderia imaginar que em apenas 3 anos do governo Flávio Dino 11 mil famílias realizariam o sonho da terra própria? E que a agricultura familiar, completamente desprezada em outros governos, teria a força que tem hoje?
4 – Num estado que chegou a ter apenas uma escola estadual de ensino médio e nenhuma escola em tempo integral, além de instituições de ensino de taipa, palha ou funcionando em galpões, o povo maranhense poderia imaginar que em apenas 3 anos do governo Flávio Dino seriam inauguradas 100 escolas dignas, com meta de chegar a 300 em 2018? E que existiriam instituições de ensino profissionalizante no Maranhão?
5 – Num Estado que não saía das páginas policiais do Brasil e do mundo, envolvido o tempo todo em denúncias de corrupção, o povo poderia imaginar que em apenas 3 anos o governo do Maranhão seria o primeiro lugar no Brasil em Transparência nos gastos dos recursos públicos?
6 – Depois de 50 anos de sucessivas administrações, o povo maranhense poderia imaginar que em apenas 3 anos de governo Flávio Dino esse Estado teria um Hospital do Câncer e uma Casa de Apoio às vítimas dessa terrível doença? Que São Luís abrigaria um Hospital de Ortopedia e Traumatologia? Ou que uma casa de esbórnia para consumo de lagostas, uísques, vinhos importados e jogatina, a Casa de Veraneio do Governo do Estado, seria destinada ao tratamento de crianças com microcefalia?
7 – Diante da falência decretada do Porto do Itaqui no governo passado, o povo maranhense poderia imaginar que em apenas 3 anos do governo Flávio Dino obras no valor de R$ 16 milhões ali seriam construídas com recursos do próprio porto?
8 – Diante dos terríveis índices de desenvolvimento humano que o Estado amargou até o ano de 2014, o povo poderia imaginar a drástica redução em mortalidade infantil e mortalidade materna que em apenas 3 anos do governo Flávio Dino se alcançou no Maranhão?
9 – Diante da buraqueira geral que durnate tanto tempo atingiu o Maranhão e, particularmente, São Luís, o povo poderia imaginar um programa como o Mais Asfalto pavimentando mais de 160 cidades em apenas 3 anos do governo Flávio Dino?
10 – E alguém poderia sequer cogitar que, para não dar notícias das mais de 100 inaugurações efetuadas pelo governador Flávio Dino, nos meses novembro e dezembro, a TV Mirante cortaria a publicidade oficial do governo?

Você responde e você conclui porque o Maranhão passou meio século na condição de estado mais atrasado do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário