Banner

Banner

domingo, 10 de dezembro de 2017

Governador Flávio Dino e Caema se manifestam sobre inesperado rompimento na adutora do Italuís



O governador Flávio Dino, que acompanha de perto os reparos na adutora, e a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) se manifestaram na manhã de hoje sobre um inesperado rompimento ocorrido na noite de ontem no Sistema Italuís. O governador declarou:
“Desde ontem à noite a Caema e empresas privadas contratadas identificaram um problema na última conexão feita no Novo Italuis. Estão lá no local as direções da Caema e das empresas privadas contratadas.
Direções da Caema e das empresas privadas contratadas estão trabalhando no local e devem se manifestar oficialmente ainda nesta manhã.
O problema só foi detectado pela Caema após o reinício do bombeamento de água usando a nova tubulação, ontem. Desde então eles estão tentando resolver o problema.
A peça que deu problema na conexão foi fabricada por uma empresa privada cuja direção e equipe técnica já estão no local da ocorrência.
Desde a madrugada fiz sucessivas intervenções no problema do Novo Italuis e agora estou indo ao local para acompanhar o trabalho dos engenheiros e técnicos.
NOTA DA CAEMA
A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) vem a público informar que
1.               Contratou as empresas privadas Edeconsil Construções e Locações, PB Construções, e EIT Construções para realizar a obra da nova adutora do Sistema Italuís.
2. Na tarde da última sexta-feira (8), foi finalizado o serviço de interligação da nova adutora, antes do prazo estabelecido.
3. Infelizmente, na noite de sábado (9), ocorreu vazamento de grande porte no começo do Campo de Perizes, na junta Y. A, onde peça fabricada pela empresa Memps Engenharia, não suportou a pressurização na linha de distribuição.
4. Desde o momento do rompimento, equipes da CAEMA e das empresas privadas trabalham no local ininterruptamente, para a resolução do problema.
5. Nesse momento, está sendo feito reestabelecimento emergencial, para permitir que as empresas privadas contratadas (Memps Engenharia, PB Construções, Edeconsil Construções e Locações e EIT Construções) encontrem a solução definitiva para o problema, de responsabilidade deles.
6. Novas informações serão repassadas à população nas próximas horas, à medida que os trabalhos de reparo avancem.


Equipes trabalham desde o fim da noite de sábado (9) para resolver um problema na conexão feita no novo Sistema Italuís. A falha foi detectada após o reinício do bombeamento de água na nova adutora.
O problema está numa peça fabricada por uma das empresas contratadas para fazer a instalação da nova adutora. A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) tem equipes trabalhando no local de forma permanente, junto com as empresas responsáveis pela obra. O governador Flávio Dino está no local, nas margens da BR-135, supervisionando a obra e o trabalho dos engenheiros e técnicos.
Para fazer o conserto, é necessário esvaziar o sistema, o que provoca interrupção temporária no abastecimento de água nos 159 bairros atendidos pelo Sistema Italuís.
“A Caema está atuando junto com a empresa fabricante da peça que deu problema. Estamos fazendo uma avaliação e tomada de decisão da forma mais rápida possível para restabelecer o sistema”, afirmou Carlos Rogério, presidente da companhia.
Ele frisou que a responsabilidade pelo problema está sendo apurada para que as providências necessárias sejam tomadas. “Temos que fazer uma avaliação do que aconteceu, mas a peça é de responsabilidade da empresa construtora”, disse.

O proprietário da empresa responsável pela peça disse que os profissionais estão atuando para identificar a falha. “Estamos vendo o que realmente aconteceu. Sabemos que é nessa peça que está o problema”, disse Ene Pires, da Memps Montagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário